VIOLÊNCIA

Índio é ferido a golpes de facão e tem dedo decepado

Índio é ferido a golpes de facão e tem dedo decepado
18/08/2012 09:27 - DA REDAÇÃO


Um indígena de 47 anos sofreu cortes na cabeça, pelo corpo e teve um dos dedos da mão decepado, possivelmente a golpe de facão, na noite de ontem (17) na Aldeia Amambai, em Amambai.

De acordo com a equipe de plantão da SESAI (Secretaria Especial da Saúde Indígena) que prestou  o atendimento emergencial ao guarani-kaiowá a vítima não soube descrever os motivos da agressão e nem quem foram os autores.

De acordo com o motorista da ambulância da SESAI, praticamente todos os dias a equipe de plantão no pólo regional do órgão em Amambai, responsável por tender as aldeias, Amambai, Limão Verde e Jaguarí, em Amambai e mais a Aldeia Guassuty em Aral Moreira, atende pelo menos um caso de agressão física em algumas das reservas sob sua jurisdição, agressões essas provocadas pelos próprios integrantes da comunidade.

Fonte: A Gazeta News

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".