CAMPO GRANDE

Índice de infestação da dengue está alto em 38 bairros

Índice de infestação da dengue está alto em 38 bairros
06/07/2012 00:00 - DA REDAÇÃO


A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) vai reforçar as ações de prevenção e combate à dengue em 38 bairros em que se constatou índice superior a 1% de infestação do Aedes aegypt, mosquito transmissor da dengue e 144 focos.

A infestação cresceu 11,11% em relação à igual período de maio. O último LIRA (Levantamento Rápido do Índice de Infestação) realizado entre os dias 25 e 29 de junho, abrangeu 81 bairros em todas as regiões da cidade, sendo que em 43 não foi constatada infestação ou índice abaixo de 1%, que é tolerado.

Em bairros como Panamá, Popular, Jockey Clube, América, Parati, Alves Pereira, não houve registro de focos. No levantamento anterior, 23 bairros registraram mais de 1% de infestação e 58 níveis abaixo deste percentual. A pior situação foi encontrada no Jardim Tijuca, com 13 focos, 3,1% de infestação, ou seja, em cada 100 imóveis, em três, os agentes de saúde identificaram focos. Em segunda lugar aparecem os bairros Taveirópolis, Caiçara e União, com 2,2% de infestação. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".