Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Xangai

Incêncio em edifício mata 42 na China

16 NOV 2010Por Xangai03h:40

Um incêndio num edifício de apartamentos arranha-céu, localizado no centro de negócios da China, em Xangai, matou pelo menos 42 pessoas, informou a agência de notícias Xinhua, do governo chinês. A prefeitura da cidade afirmou num comunicado que o prédio de 28 andares estava sendo reformado, quando pegou fogo por volta das 4 horas (de Brasília). As causas do incêndio não foram reveladas. A prefeitura de Xangai confirmou que 42 pessoas morreram no desastre, mas não informou quantas pessoas ficaram feridas. Pelo menos 156 famílias viviam no arranha-céu da metrópole chinesa, que tem 20 milhões de habitantes. Muitos dos moradores eram professores aposentados.

Imagens da televisão estatal mostraram nuvens de fumaça saindo do prédio, com as chamas ainda visíveis várias horas após o incêndio começar. A televisão estatal de Xangai disse que mais de 80 caminhões de bombeiros foram chamados para combater o incêndio, e jatos d’água podiam ser vistos fluindo para dentro do prédio, que pareceu ter sido destruído.

Segundo a agência de notícias Xinhua, uma testemunha afirmou que um dos andaimes utilizados para a renovação pegou fogo antes de o incêndio se espalhar para o prédio.

A prefeitura de Xangai disse que 100 pessoas foram resgatadas do edifício. As câmeras de televisão mostraram vários helicópteros voando ao redor do topo do edifício e moradores do bairro disseram que pelo menos uma pessoa foi resgatada por uma aeronave.

Um médico no Hospital Jing’an de Xangai, Zhang, disse que mais de 20 pessoas com ferimentos sérios foram internadas.

Leia Também