Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

CRÉDITO PESSOAL

Inadimplência ficou em 4,2% no ano passado

26 JAN 2011Por INFOMONEY19h:45

A inadimplência com o crédito pessoal fechou 2010 com a menor taxa da série histórica do Banco Central, iniciada em junho de 2000. De acordo com a Nota de Política Monetária e Operações de Crédito, divulgada hoje, a taxa para essa modalidade de crédito ficou em 4,2%.

Ao longo de 2010, a inadimplência com essa modalidade de crédito variou pouco, ficando entre 4,2% e 4,9%. Na comparação com dezembro do ano passado, a inadimplência com o crédito pessoal registrou queda de 0,8 ponto percentual. Frente a novembro, a taxa ficou estável.

Já o índice das dívidas vencidas entre 15 e 90 dias também não sofreu grandes variações de janeiro a dezembro de 2010, ficando entre 3,6% e 4%. Em dezembro, o índice ficou em 3,6%. Na comparação com dezembro de 2009, não houve alteração e, frente a novembro, houve queda de 0,3 ponto percentual.

Cheque especial: alta
O cheque especial foi a única modalidade, dentre as analisadas pelo BC, que registrou alta na taxa de inadimplência no mês passado, de 0,9 ponto percentual, frente a novembro. No mês passado, a inadimplência dessa modalidade ficou em 10,1%, mesma taxa verificada em agosto de 2010 e 2,7 pontos percentuais menor que a verificada em dezembro (12,8%).

De janeiro a dezembro de 2010, a taxa de inadimplência dessa modalidade variou de 9,1% a 11,7%. Já a das dívidas vencidas entre 15 e 90 dias variou de 3,8% a 4,5%. Em dezembro, o percentual ficou em 4%, taxa 0,2 ponto percentual maior que a registrada em novembro e 0,1 ponto percentual menor que a verificada em dezembro de 2009.

Aquisição de veículos e outros bens: quedas
A inadimplência das pessoas físicas com as linhas para aquisição de veículos e para aquisição de outros bens registrou recuo em dezembro, ficando em 2,6% e 8,8%, nesta ordem.

A taxa para a modalidade de veículos caiu 0,4 ponto percentual na comparação com novembro e 1,8 ponto percentual frente a dezembro de 2009. O percentual verificado no último mês de 2010 é o menor desde fevereiro de 2006, quando era de 2,46%.

Já no caso da inadimplência com a linha de aquisição de outros bens, ela registrou recuo de 0,5 ponto percentual, na comparação com novembro, e de 3,3 pontos percentuais, frente a dezembro do ano anterior. Com a queda, a modalidade registrou a menor inadimplência desde fevereiro de 2005 (8,67%).

Ao longo do ano passado, as duas modalidades registraram variações significativas. No caso da modalidade de aquisição de veículos, a taxa iniciou o ano a 4,3% e foi caindo sucessivamente, mês a mês. Já com relação à modalidade de aquisição de outros bens, ela chegou a ficar em 10,9%.

Considerando as dívidas vencidas de 15 a 90 dias, o índice da linha de financiamento de veículos alcançou 6,3% em dezembro, taxa 0,2 ponto percentual menor que a registrada um mês antes. Frente ao mesmo mês do ano passado, a queda foi de 0,9 ponto percentual.

Já as dívidas vencidas das linhas para a aquisição de outros bens atingiu 6,8%, 0,3 ponto percentual abaixo do índice verificado em novembro e 0,4 p.p. acima do verificado em dezembro de 2009.

Inadimplência geral
Considerando a inadimplência em todos os tipos de financiamento, o índice de dezembro registrou queda de 0,2 ponto percentual. A taxa é a menor desde março de 2001, quando estava em 5,64%.
 

Leia Também