domingo, 22 de julho de 2018

CONDOMÍNIOS

Inadimplência é um dos principais problemas para síndicos

5 JAN 2011Por INFOMONEY23h:08

Tanto no Rio de Janeiro como em São Paulo, a inadimplência ainda aparece como um dos principais problemas para os síndicos, quando o assunto é a administração do condomínio.

Segundo o vice-presidente de administração imobiliária e condomínios do Secovi-SP (Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo), Hubert Gebara, apesar de a inadimplência ter diminuído após a Lei dos Protestos, ficando em torno de 5% a 10%, ela ainda é um desafio para síndicos e administradoras, perdendo apenas para a segurança no estado de São Paulo.

Já no Rio, conforme levantamento realizado pelo Secovi-RJ (Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro), 21% dos síndicos consideram a inadimplência a principal dificuldade na administração do condomínio. O item foi o segundo mais citado, ficando atrás somente dos conflitos entre moradores.

“O não pagamento do condomínio compromete o bom funcionamento dele, pois, em alguns casos, pode não ser possível pagar os fornecedores. Para tentar driblar o problema, os síndicos devem se valer de campanhas de conscientização, e, quando ocorrer o não pagamento, primeiro, cobrar amigavelmente e, se não der certo, recorrer à Justiça”, diz Gebara.

Outros problemas
Em São Paulo, ainda na opinião do vice-presidente do Secovi-SP, além da inadimplência, os conflitos entre moradores e, sobretudo, a segurança - primeiro lugar no ranking – estão entre as dificuldades na administração de condomínios.

No Rio, revela a pesquisa, a dificuldades apontadas são as seguintes: resolver conflitos entre moradores (25%), lidar com empregados e entender a legislação trabalhista (20%), obter aprovação para obras e reformas (17%), saber quais as atribuições do cargo (10%), pagar as contas do condomínio (5%) e realizar atividades/eventos de confraternização (4%).
 

Leia Também