Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Inadimplência do consumidor cai pelo terceiro mês consecutivo

Inadimplência do consumidor cai pelo terceiro mês consecutivo
06/09/2012 11:30 - AGÊNCIA BRASIL


A inadimplência do consumidor diminuiu em agosto, registrando a terceira queda consecutiva. O índice foi 0,45% menor do que no mesmo mês de 2011. Também houve queda, de 1,69%, nas vendas do varejo no último mês ante igual período do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (6) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Na avaliação das entidades, que representam o comércio varejista, os números sinalizam que os brasileiros estão deixando de ir às compras e de assumir novos compromissos de crédito, a fim de quitar as contas em aberto.

Segundo o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, outro dado que corrobora a hipótese é que o crescimento das vendas do Dia dos Pais em 2012 foi modesto: houve incremento de 4,75%, contra a alta de 6,86% registrada para a mesma data em 2011. "Há uma associação entre o recuo da inadimplência e a queda das vendas no varejo. O consumidor reduziu as compras e passa se organizar, em num movimento de educação financeira considerado salutar", disse.

Em julho deste ano, o índice de inadimplência havia diminuído 5,68% em relação ao mesmo mês de 2011, e em junho, 0,27% na mesma base comparação. A CNDL e o SPC avaliam que há uma tendência de queda para o segundo semestre . Para Roque Pellizzarro Junior, até o final do ano deverá haver novas quedas da inadimplência. "Teremos índices altos de quitação de dívidas, principalmente com o pagamento do décimo terceiro salário", aposta.

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...