Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Império do Morro confirma favoritismo e leva o título

18 FEV 10 - 07h:00
Confirmando seu favoritismo, a escola de samba Império do Morro conquistou ontem o bicampeonato do carnaval de rua de Corumbá, superando a rival Vila Mamona em cinco pontos. A escola fundada em 1958 já ganhou 29 títulos de campeã e voltou a desfilar em 2003, depois de uma década em inatividade, inovando a cada ano. Neste carnaval, a verde e rosa defendeu samba-enredo “Meu olfato indica que a Império vai passar; sinto um cheiro de perfume no ar”, transformando a passarela do samba em essência, encanto e magia, como diz a letra do samba, exalando perfume dos nove carros alegóricos. Outra novidade do seu desfile foi a presença de cinco destaques deficientes auditivos. A escola fez uma apresentação perfeita, com 1.200 componentes, e uma riqueza de brilho e criatividade em suas doze alas. Destaque para o casal de mestre-sala e porta-bandeira, Jorginho e Irinéia, que desfilam na Salgueiro e Ilha do Governador, escolas do Rio de Janeiro, e para a rainha da bateria, Carol Duarte, neta dos fundadores da agremiação, Cháana e Venância. O carnaval de rua de Corumbá atraiu mais de 40 mil pessoas, das quais 25 mil turistas, por noite nos desfiles das oito escolas divididas nos grupos A e B. Na terça-feira, a programação é reservada à nostalgia, com o desfile dos cordões carnavalescos, do corso e dos blocos de palhaços e marinheiros e das pastorinhas, ao som de marchinhas. Prêmio e título A revelação das notas dos jurados dos desfiles dos dois grupos e dos blocos oficiais ocorreu ontem à tarde, em um dos camarotes instalados na Avenida General Rondon, com forte esquema de segurança. Entre os blocos, o Clube dos Sem garantiu seu tricampeonato. A apuração reuniu mais de mil pessoas, que vibravam a cada nota anunciada. A escola de samba Mocidade Independente da Nova Corumbá sagrou-se campeã do grupo B e em 2011 desfilará no grupo especial, obtendo 178,70 pontos. A vice-campeã foi a Caprichosos de Corumbá, com 173,8 pontos. A única nota que gerou polêmica foi a dos jurados do quesito comissão de frente, que deram 9,9 e 9,8 para a Nova Corumbá. A escola merecia 10. A verde e rosa, que na terça- feira havia conquistado o prêmio Esplendor do Samba em todos os quesitos julgados por profissionais da imprensa, teve sua supremacia na passarela do samba referendada. A pontuação do Grupo A ficou assim: 1º – Império do Morro, 179,4 pontos; 2º – Vila Mamona, 173,9; 3º – A Pesada, 169,3: e 4º – Major Gama (que caiu para o grupo B), 161,5.
Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação
FELIZ ANIVERSÁRIO

Considerada cidade do algodão, Chapadão do Sul comemora 32 anos de emancipação

Diretor de presídio federal diz que Name não precisa de ajuda
CRIME ORGANIZADO

Diretor de presídio diz que Name não precisa de ajuda

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância
BRASÍLIA

STF retoma julgamento sobre prisão após condenação em 2ª instância

Deputados cobram vistoria <br>contra incêndio em hospitais
RISCOS

Deputados cobram vistoria contra incêndio em hospitais

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião