IRMÃO DE ADRIANO

Imperadorzinho rejeita mudança e fica no Fla

Imperadorzinho rejeita mudança e fica no Fla
17/04/2011 00:02 - G1


O Imperador não voltou para o Flamengo, mas deixou um súdito. Ao se apresentar ao Corinthians, Adriano disse que levaria sua família para São Paulo. Mas Thiago Ribeiro, irmão do atacante, ficou no Rio. E defendendo seu time de coração. O menino de 12 anos não quis largar a escola, nem o Rubro-Negro. Centroavante que a cada dia tem mais os traços de Adriano dentro e fora de campo, o jogador se diz dividido na torcida entre Flamengo e Corinthians.

- Não vou sair do Flamengo, nem do Rio. Estou na sexta série, não quero largar a minha escola aqui no Rio. Mas, agora, tenho que torcer pelos dois times. Estou dividido na torcida entre o Mengão e o Corinthians. Sou Flamengo, sempre fui. Quando vi meu irmão jogando, comecei a gostar – afirmou Thiago.

O pequeno imperador vestiu a camisa do Timão quando Adriano se apresentou ao Corinthians. Mas a troca foi apenas momentânea. No Flamengo, em vez da camisa 10 usada pelo irmão, Thiago veste a 19. No início do ano, junto com seus companheiros, ele conquistou um campeonato disputado em Minas Gerais.

- Lógico que eu queria que meu irmão tivesse voltado para o Flamengo, ainda mais para jogar ao lado do Ronaldinho. Mas não deu. Sempre falo com ele, que está feliz no Corinthians.

Aos poucos, Thiago vence a timidez. Ele fala pouco, mas sempre é objetivo. Os traços físicos lembram os de Adriano. Pelo menos duas vezes por semana, ele treina no Ninho do Urubu, em Vargem Grande. Em 2009, para voltar para casa, o menino aproveitava as caronas do irmão, que treinava num campo ao lado do seu. Hoje, ele espera a mãe, dona Rosilda, responsável pela safra de jogadores.

- Sou atacante por causa do meu irmão. Ele é um exemplo para mim – contou Thiago, que diz não gostar de brincos, mas usa cordões grossos com os do irmão.

Dividido entre os estudos e a bola, Thiago já aprendeu uma lição: ser irmão de Adriano é ser o centro das atenções. Na escolinha da categoria mirim do Flamengo, ele sempre tem que responder perguntas sobre o Imperador. Mas, para o futuro, ele quer escrever sua própria história.

- Sonho ser um ídolo como ele.
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".