Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Igreja russa pede ao Estado 'misericórdia' pelas Pussy Riot

17 AGO 12 - 23h:00g1

A Igreja Ortodoxa Russa pediu nesta sexta-feira (17) ao Estado russo que tenha misericórdia pelas integrantes da banda Pussy Riot, condenadas a dois anos de prisão por terem feito um protesto contra o presidente Vladimir Putin na principal catedral moscovita.

A Igreja reiterou suas críticas à banda punk, dizendo que seu protesto na catedral do Cristo Salvador foi uma "blasfêmia", com "hostilidade crua contra milhões de pessoas".

Mas, em nota, ela declarou que "sem submeter a qualquer dúvida a correção da decisão judicial, apelamos às autoridades estatais para que demonstrem misericórdia com as pessoas condenadas dentro do marco legal, na esperança de que elas evitem repetir ações blasfemas".

Isso indica que a Igreja não se oporia a um perdão ou redução de pena do trio. O processo contra as ativistas gerou grande mobilização internacional em apoio a elas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MUNDO

Acuados em caso Odebrecht, políticos peruanos temem apuração sobre OAS

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta sexta-feira: "O caminho da reconstrução"

ARTIGO

Fábio Gilberto Gonzalez: "Eixos centrais para o desenvolvimento da Capital"

Advogado e administrador de empresas
OPINIÃO

Gilberto Verardo: "Direitos garantidos com deveres confusos"

Psicólogo

Mais Lidas