sexta, 20 de julho de 2018

Ocorrências

Idoso é preso após agredir esposa de 47 anos

13 DEZ 2010Por Evelyn Souza09h:34

Policiais militares do 7º Batalhão de Polícia Militar  registraram no último domingo diversos casos de violência doméstica em cidades do interior:

Na cidade de Aquidauana, policiais da guarnição Cavalaria prenderam um idoso de 67 anos, que desferiu um golpe de machete na mão de uma senhora, de 47 anos, que foi encaminhada imediatamente ao pronto socorro para atendimento médico. A ocorrência aconteceu por volta das 15h do domingo, na Rua Campo Grande, no Bairro Ovídio Costa I. O idoso foi encaminhado até a Delegacia local.

Ainda na cidade de Aquidauana, um homem de 31 anos foi detido e encaminhado até a Delegacia da Mulher de Aquidauana, por ter agredido fisicamente sua esposa de 30 anos. Segundo informações da polícia, ele torceu o braço e deu socos na mulher, impedindo-a de buscar ajuda, e a ameaçou de morte. O caso aconteceu na Rua Jaime Artigas, no Bairro Pinheiro, esquina com a Rua Ovídio Costa, por volta do meio-dia do domingo (12).

Em Miranda, Amásio,de 31 anos foi preso no seu local de trabalho acusado de agredir uma mulher de 35 anos próximo a uma conveniência, localizada na Rua Frei Cânepa. Segundo informações, Amásio agrediu a mulher com tapas e jogou um ventilador contra ela. A vítima sofreu um corte na perna. O autor negou os fatos e foi encaminhado até uma Delegacia da cidade.

Já na cidade de Bodoquena, por volta das 16 horas, a guarnição PM compareceu em uma residência na Rua Ulisses Guimarães, pois segundo informações repassadas via 190, estava havendo um desentendimento familiar. Um homem de 24 anos chegou à residência em visível estado de embriaguez alcoólica e sem motivos aparentes passou a agredir sua esposa, de 23 anos com socos. O pai do agressor tentou intervir para acalmar o filho, mas também foi agredido e jogado no chão. Após a agressão, o acusado foi até sua residência, onde de posse de um machado começou a dizer que iria matar seu pai. O agressor foi localizado por policiais militares com a arma e encaminharam para a Policia Civil.

Leia Também