Segunda, 19 de Fevereiro de 2018

BRASILEIRÃO SÉRIE B

Icasa vence Figueirense e respira

23 OUT 2010Por 19h:10

Irreconhecível, o Figueirense não foi páreo para o Icasa, que não teve dificuldades para fazer seu dever de casa no Romeirão e vencer por 3 a 1, com dois gols do artilheiro André Neles e outro de Júnior Xuxa para os donos da casa, e um de Roberto Firmino para os visitantes. O resultado deixa a equipe nordestina mais tranquila, já que a distância para a zona da degola pulou para oito pontos.

Por sua vez, o Figueira mantém a segunda posição, mas viu a distância para o líder Coritiba aumentar de quatro para cinco pontos, enquanto a diferença para o terceiro colocado, que era de três pontos, não existe mais: o Bahia bateu o ASA, assumiu a posição que era do América-MG e só perde no saldo de gols.

Os catarinenses agora apostam na força do Orlando Scarpelli para reagirem: no próximo sábado, o time recebe o Sport Recife. Já o Icasa jogará na sexta-feira, contra o Brasiliense, no Serejão.

O jogo - O primeiro tempo teve início equilibrado, mas a partida começou a ser decidida aos sete minutos, quando o meia Fernandes sentiu uma lesão na coxa e precisou ser substituído por Vinícius Pacheco. A exemplo da maioria dos companheiros, o ex-flamenguista foi presa fácil para a defesa adversária.

Bem superior, o time da casa aproveitou-se do oportunismo de André Neles para abrir vantagem. Aos 12 minutos, o artilheiro invadiu a área com facilidade em jogada individual e abriu o placar. Aos 27, ele teve liberdade para cabecear com precisão e ampliar.

Insatisfeito com a desvantagem, que poderia estar maior não fossem as boas defesas do goleiro Ricardo, que substituiu o titular Wilson (com dores na coxa) o volante Túlio resumiu a atuação da equipe enquanto descia para o intervalo: "Ficamos assistindo o time deles".

O técnico Márcio Goiano também não estava contente e voltou para a segunda etapa com uma mudança: o volante Baraka deu lugar a Helder, que entrou na lateral esquerda e mandou Juninho para o meio. No entanto, a equipe ainda tentava assimilar a nova formação quando Vinícius Pacheco recebeu seu segundo cartão amarelo e foi expulso.

O resultado foi quase imediato: aos seis minutos, Júnior Xuxa cobrou falta com perfeição e marcou o terceiro do Icasa. A vantagem fez com que o técnico Flávio Araújo poupasse os jogadores que já haviam recebido cartões, casos de Marcus Vinícius e Guto, que deram seus lugares a Dodó e Michel.

Com a acomodação natural dos anfitriões, o Figueirense cresceu na partida, mas não o suficiente para buscar o empate. O máximo que a equipe conseguiu foi diminuir com Roberto Firmino, aproveitando cobrança de falta de Juninho para desviar de cabeça e vencer o goleiro Marcelo Pitol: 3 a 1.

No fim do jogo, André Neles ainda deixou o campo sob aplausos para a entrada de Leozinho, que fez dupla veloz com Assisinho. Mesmo tendo atuado por pouco tempo, o jogador foi responsável por fazer ótima jogada pela esquerda e servir Júnior Xuxa, que isolou e perdeu boa chance de transformar a vitória em uma goleada, que serviria para vingar os 5 a 1 sofridos no primeiro turno.

Leia Também