Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Parque do Ivinhema

Ibama vai instalar base do Prevfogo

14 JAN 2011Por DA REDAÇÃO00h:00

Uma base do Prevfogo do Ibama em Mato Grosso do Sul será instalada no Parque Estadual das Várzeas do Ivinhema, no sudoeste do Estado, um dos mais importantes remanescentes do bioma Mata Atlântica nessa região.

A decisão foi anunciada pelo superintendente do Ibama em Mato Grosso do Sul, David Lourenço que acompanhado do coordenador estadual do Prevfogo, Márcio Yule inspecionou o local em que serão alocados os esquadrões da brigada dentro do parque.

O Parque Estadual das Várzeas do Ivinhema com 73,4 mil hectares possui 38,4 mil hectares de remanescentes da Mata Atlântica. E é para proteger esses remanescentes que o Prevfogo do Ibama decidiu implantar as brigadas que vão atuar na prevenção de incêndios florestais nesta área. As brigadas também vão agir na prevenção de crimes ambientais e na educação ambiental das comunidades em torno do parque.

Nos últimos anos a região foi assolada por vários incêndios florestais provocados na maioria das vezes por catadores de ginseng que colocavam fogo nas várzeas do local para provocar o nascimento concentrado da planta, comum na região.

Há dois anos um incêndio florestal consumiu longas áreas de várzeas do parque, chegando próximo à sua sede. O incêndio foi apagado com a ajuda de brigadistas do Prevfogo que foram deslocados de outras áreas para lá em maio de 2009.

Essa é uma das razões apontadas por Davi Lourenço para que o Ibama em Mato Grosso do Sul decidisse reforçar o combate e a prevenção de incêndios florestais nessa região.

“Nós temos o desafio de proteger os remanescentes do bioma Mata Atlântica no Estado”, diz David. Segundo dados do SOS Mata Atlântica o bioma originalmente ocupava 6,3 milhões de hectares na região sudeste e sudoeste do Mato Grosso do Sul. Hoje deste total o Estado têm 360 mil hectares de remanescentes florestais.

“Nós fomos o Estado que menos perdeu remanescentes do bioma com o desmatamento nos últimos dois anos registrado pelo Atlas do SOS , que aponta o desflorestamento de apenas 154 hectares”, diz Lourenço. Continuando, afirmou ser necessário "reforçar as nossas ações nessa região, para não perdermos mais nada do que resta da Mata Atlântica aqui” diz ele.

Costa Rica.Para reforçar a prevenção de incêndios e outros crimes ambientais na região de nascentes da cabeceira do Taquari, o Prevfogo do Ibama vai instalar também uma brigada no município de Costa Rica. Com isso o total de componentes das brigadas no Estado vai chegar a 105 homens treinados para a prevenção, o combate e a educação ambiental em 2011, informa David Lourenço.

Segundo ele o Prevfogo vai contar neste ano com seis brigadas com dois esquadrões cada uma, sendo que a maioria delas vai atuar na região do Pantanal e as duas especiais vão ficar uma no entorno da BAP , a Bacia do Alto Paraguai e a outra, a do parque, no entorno da bacia do Rio Paraná.

“Desta forma vamos atuar em 2011 nos principais pontos críticos no Estado”, conclui o superintendente.

Leia Também