Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PESCA

Ibama e Polícia Ambiental reforçam ação na fronteira

3 MAR 11 - 00h:01DA REDAÇÃO

No Rio Piqueri, na divisa dos municípios de Sonora e Coxim, pantanal norte de Mato Grosso do Sul, operação conjunta do Ibama e Polícia Militar Ambiental flagrou pesca ilegal. Foram apreendidos 30 kg de pintado e dourado que estava abaixo da medida regulamentada pela lei da pesca.

O pescador foi multado em R$ 6 mil. Ainda no mesmo rio a fiscalização apreendeu 70 metros de rede, quatro tarrafas e 135 anzóis de galho. 

Já no Rio Paraguai dois pescadores foram multados no Porto da Manga e dois na região de Porto Esperança . As multas somam  R$ 5 mil e as infrações foram falta de licença e pesca predatória – os pescadores retiraram do rio exemplares também  abaixo da medida regulamentada pela legislação.

Fronteira

São duas equipes de fiscalização conjunta e os trabalhos começaram no dia 25 de fevereiro na região de Corumbá e do Nabileque, incluindo o Rio Apa.  A preocupação maior da fiscalização conjunta foi observar a movimentação de embarcações no lado paraguaio. A pressão par a pesca ilegal vêm também das colônias paraguaias que se localizam ao longo do Rio Paraguai de Corumbá a Porto Murtinho.

Segundo a fiscalização do Ibama, foi observado uma intensa movimentação de barcos e turistas em especial na véspera da reabertura da temporada de pesca na região mas os pescadores não tentaram nada até a data final da piracema, no último dia 28.

A fiscalização vistoriou também um torneio de pesca e solte com o uso de iscas artificiais em Albuquerque, distrito próximo a Corumbá. No torneio nada de irregular foi encontrado.

Segundo a Divisão de Proteção ambiental  a operação piracema  está em andamento com a prioridade de fiscalizar a fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia. “ Essa é uma região de fronteira e precisamos reforçar a presença do Estado nessa área, afirma Luiz Benatti, chefe da Divisão de Proteção Ambiental do Ibama no Estado.

Mato Grosso do Sul têm cerca de 5 mil pescadores  profissionais artesanais e a federação dos pescadores estima que cerca de 35 mil turistas vão chegar ao Estado nessa temporada de pesca, que  acaba de ser  reaberta.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional
HOSPITAL REGIONAL

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação de R$ 2 milhões
DOURADOS

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularizar contratos
HABITAÇÕES

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularização

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião