Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

RIO PARAGUAI

Ibama e Ministério Público flagram crimes ambientais

1 AGO 2012Por DA REDAÇÃO17h:00

O Ibama e o Ministério Público Estadual (MPE) realizaram entre 22 e 28 de julho uma operação conjunta denominada "Guardiões do Pantanal II", em toda a bacia sul do Rio Paraguai, incluindo terras indígenas e unidades de conservação federais.

A operação contou com a participação de 12 agentes do Ibama, apoiados pelos setores de geoprocessamento do Ministério Público e do próprio Instituto. Também fizeram parte da ação a Policia Rodoviária Federal, Polícia Federal, FUNAI, e Instituto Chico Mendes (ICMBIO).

Durante as ações foram flagrados diversos crimes ambientais, como corte seletivo de vegetação nativa incluindo espécies protegidas como a aroeira, desmatamentos a corte raso, transporte de produtos perigosos e de origem florestal e o início de uma ação de exploração na região que faz divisa ao Parque Nacional da Serra da Bodoquena, o que foi considerado pela equipe como um dos maiores êxitos, já que impediu o avanço de danos e degradação ambiental.

Ao todo foram embargados 204 hectares, o equivalente a aproximadamente 204 campos de futebol, e 60 metros de carvão. Também foi apreendido um caminhão com produto florestal sem origem, um trator, uma motosserra, 35m³ de madeira serrada sem autorização e aplicados R$ 180.736,00 em autos de infração.

Foram lavradas 13 notificações que poderão acarretar em novas autuações após cruzamento das informações com o setor de geoprocessamento do Ministério Público Estadual.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também