Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

DISCUSSÃO

Houve um exagero, diz Ganso sobre trote que terminou em briga de Neymar e Marcel

30 OUT 2010Por FOLHA ONLINE19h:13

Afastado dos gramados desde 25 de agosto por um entorse no joelho esquerdo, Paulo Henrique reconheceu neste sábado que houve exagero na brincadeira que gerou a discussão entre Marcel e Neymar na última sexta-feira, no CT Rei Pelé, em Santos.

O meia afirmou que tem conversado frequentemente com Neymar para que o atacante não se envolva em polêmicas. Algo que tornou-se rotina nos últimos meses.

"Procuramos conversar, orientar e ajudar. Ao mesmo tempo que ele me dá uma força grande, também procuro orientá-lo para não acontecer polêmicas", disse.

Durante a confusão entre Marcel e Neymar, Paulo Henrique estava no Cepraf (Centro de Excelência e Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol), local em que está se recuperando da cirurgia realizada para a reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, mas garantiu que trata-se de uma brincadeira comum no Santos.

"Foi uma brincadeira. Como o grupo do Santos é muito amigo, isso sempre existiu. Houve um exagero da parte de um dos dois e aconteceu o desentendimento, nada que possa atrapalhar a partida contra o Internacional neste sábado", concluiu.

Leia Também