quinta, 19 de julho de 2018

Saúde

Hormônios explicam efeito ioiô na perda de peso

13 JAN 2011Por R720h:30

Um estudo confirma que a desempenho irregular dos hormônios relacionados ao apetite podem ser os vilões do emagrecimento. A pesquisa mostra que pessoas com altos níveis de leptina (hormônio que causa sensação de saciedade) e baixos níveis de grelina (estimulador do apetite) estão mais propensas a recuperar quilos perdidos – o conhecido efeito ioiô.

Para Ana Belén Crujeiras, do Complexo Hospitalar Universitário de Santiago de Compostela, na Espanha, autora do estudo, “a forma como cada paciente responde ao tratamento é determinada por suas próprias características”.

- Há pacientes que são mais sensíveis e outros mais resistentes que, após seguir uma dieta de emagrecimento, recuperam os quilos perdidos em pouco tempo, ou passam a pesar mais.

Os pesquisadores analisaram o papel dos níveis hormonais da leptina, grelina e insulina sobre a recuperação de peso em 104 pessoas obesas que seguem uma dieta de redução de calorias. Após oito semanas, no grupo que tinha recuperado mais de 10% do peso perdido foi encontrado níveis mais elevados de leptina e níveis menores de grelina. Não foram observadas diferenças em seus níveis de insulina.

Os resultados, publicados no Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, mostra também que a grelina tem um impacto específico sobre os homens e a leptina em mulheres.

- Alguns pacientes obesos ou com sobrepeso, que ganham mais peso seguindo uma dieta, podem até ser identificados antes de embarcarem em sua terapia de emagrecimento, observando os níveis desses hormônios.

Dieta personalizada

Segundo os autores, o estudo abre a porta para pesquisas sobre hormônios do apetite, sendo possível usá-los como ferramentas para o desenvolvimento de programas individuais de perda de peso. O tratamento feito com essa base seria uma garantia de manter o peso perdido para pacientes obesos e com sobrepeso.

- Os endocrinologistas e nutricionistas devem elaborar um programa especial para pacientes com os níveis mais altos de leptina e níveis menores de grelina antes de começar uma dieta hipocalórica, sabendo que estes pacientes são mais suscetíveis a recuperar o peso que perderam a curto prazo.

Leia Também