segunda, 23 de julho de 2018

ENERGIA ELÉTRICA

Horário de verão deve reduzir em 5,2% demanda

18 OUT 2010Por 14h:36

O horário de verão começou à 0h de ontem (17) em Mato Grosso do Sul e em três regiões do país, que incluem dez Estados e o Distrito Federal. Os relógios foram adiantados em uma hora.
O principal objetivo do horário de verão é aproveitar a luz solar de modo a diminuir a demanda por energia elétrica. Segundo projeção do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) há possibilidade de redução de 4,5% a 5% no consumo de energia elétrica do país no horário de pico, das 19 às 22 horas. Economia suficiente para abastecer duas cidades do porte da Capital Federal.
Ainda de acordo com o ONS, a expectativa de redução na demanda para Mato Grosso do Sul é de 30 megawatts, o que equivale a 5,2% de economia. Já a redução de energia para a região Centro-Oeste e Sudeste devido à medida deve ser de 0,5%, o equivalente a 25% do consumo mensal de Brasília.
O horário de verão termina no dia 20 de fevereiro. Desde 2008, a mudança tem início no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro.

Leia Também