BICHOS

Hora do banho

Hora do banho
04/02/2010 23:06 -


A grana está curta para bancar semanalmente o banho no pet shop? Não deixe seu amiguinho sujo e nem faça uma sessão de tortura caseira. Nos dias de hoje, não é sempre que se pode levar o cão para tomar um belo banho no pet shop. Às vezes, o jeito é encarar um chuveiro em casa mesmo. Então, se você vai se aventurar a embelezar seu amiguinho, preste atenção em alguns cuidados que evitarão que seu cão odeie o banheiro da sua casa. Dê banho pela manhã, use água limpa e sabão neutro – nunca use sabão de coco, é alcalino e agressivo à pele do animal. Não esqueça de proteger os ouvidos com bolas de algodão, pois são muito sensíveis. Use água morna porque se a água estiver quente demais, o animal pode ter estresse calórico, caracterizado por hemorragia pulmonar. Se for usar o secador de cabelo, o faça a uma distância de 30 centímetros dos pelos e cuidado com o barulho no ouvido. Por fim, limpe as orelhas com cotonetes com muito cuidado para não introduzilos demais. Evite Não faça a tosa higiênica, que limpa os pêlos da boca e dos genitais, em casa. Evite também cortar as unhas. Deixe isso para ser feito no pet shop, se cortar muito a unha, por exemplo, poderá provocar hemorragias. Evite talcos que podem ser ingeridos ou inalados pelos cães. Faça do banho uma festa, brinque bastante com seu bichinho sem deixar cair água ou sabão na cara dele. E, principalmente, não bata no cão. Trate-o com carinho, senão a aversão à água pode aumentar.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".