Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Honda apresenta quatro novos modelos

6 JUL 12 - 12h:00uol

Quando a Honda divulgou o conceito “Dream”, em setembro do ano passado, uma nova fase na empresa estava começando. Líder absoluta do mercado brasileiro de motocicletas com quase 80% do market share, a Honda começa agora a mostrar ainda mais as suas garras. Para isso, a fabricante japonesa apresenta quatro lançamentos de uma só vez, sendo três acima das 600 cilindradas: GL 1800 Goldwing, VFR 1200X Crosstourer, NC 700X e a nova Biz 100. “Trabalhamos para ser líder em tudo. A Honda quer a liderança absoluta. Queremos 50% mais 1 do mercado”, afirmou Ricardo Susini, gerente de vendas da Moto Honda. Susini se refere ao segmento premium do setor de duas, onde a concorrência é cada dia maior com BMW, Harley-Davidson e Kawasaki, por exemplo. Conheça abaixo as quatro novas motocicletas da Honda.

GL 1800 Goldwing

Desde 1975 no mercado de duas rodas, quando ainda se chamava GL1000, a Honda Gold Wing oferece muito conforto e tecnologia ao motociclista. Para 2013, a Goldwing chega com alterações que vão do chassi ao sistema de som, que agora tem conectividade para iPod. Segundo a Honda, o novo quadro em alumínio deu mais rigidez ao conjunto e ainda reduziu o peso, facilitando a mudança de direção, por exemplo. O conjunto de suspensões também foi atualizado. O garfo telescópico dianteiro, com 45 mm de diâmetro e 140 mm de curso, e o monobraço traseiro ligado por link com105 mm de curso, tem agora um sistema de ajuste eletrônico, possibilitando ao piloto configurá-lo com facilidade. Já o motor permanece o mesmo. Sua principal característica é o torque, que entrega 17,04 kgf.m já nos 4.000 rpm, com uma potência máxima de 118 cavalos a 5.500 rpm. A nova versão desta famosa touring ainda tem conexão com iPod como um dos diferenciais. Antes o sistema de som só executava rádio ou uma disqueteira no top case, o que dificultava muito a vida do motociclista. Já na versão atualizada, a Gold Wing aceita iPod, USB, iPhone, MP3 e até WMA, para que o piloto ouça realmente o que ele quer. Além disso, a Honda equipou a Gold Wing 2012 com um sistema completo de navegação por satélite – apenas para os modelos com airbag. Seu preço sugerido é de R$ 92.000.

VFR 1200X Crosstourer

Depois de aparecer ainda como moto conceito durante o Salão de Milão de 2010, a Crosstourer chega agora Brasil, mas será comercializada somente a partir de outubro – por isso ainda não teve seu preço revelado. Com rodas de aro 19 da dianteira e 17 na traseira, a Crosstourer tem vocação on-road e traz como diferenciais um motor inédito de quatro cilindros em “V” e o sistema de dupla embreagem, chamado de Dual Clutch Transmission (DCT). Esse propulsor entrega 129,2 cavalos de potência a 7.750 rpm e um torque máximo de 12,8 kgf.m a 6.500 rpm, colocando a Crosstourer como a mais potente do segmento bigtrail de alta cilindrada. Outro diferencial é o DCT. O câmbio é auxiliado por duas embreagens que trabalham em conjunto. Enquanto uma opera as marchas ímpares (1, 3, 5) a outra se encarrega de engrenar o conjunto par (2, 4, 6). Com o auxílio desta eletrônica, o piloto pode se preocupar somente em selecionar o câmbio – automático ou manual – e acelerar.

NC 700X

Vista pela primeira vez na última edição do Salão de Milão em novembro do ano passado, a NC 700X desembarca agora em nosso País. Na estética, a nova trail de média capacidade da Honda apresenta uma inovação funcional. No lugar onde normalmente está o tanque de combustível, a Honda optou por criar um espaço semelhante ao que existe embaixo do assento dos scooters. O compartimento é capaz de acomodar um capacete fechado e pode ser usado como substituto dos baús. O tanque de combustível, por sua vez, foi colocado abaixo do banco e tem capacidade para 14 litros. Essa nova Honda está equipada com o mais recente propulsor criado pela marca japonesa. O motor com dois cilindros em linha e comando único no cabeçote (SOHC) de 670 cm³ foi usado pela primeira vez no scooter Integra, ainda em sua fase conceitual. Daí o seu tamanho compacto e quase “quadrado”, com diâmetro x curso de 73 x 80 mm. Capaz de gerar até 52,5 cv de potência máxima a 6.250 rpm, o novo propulsor tem refrigeração líquida e torque máximo de 6,3 kgfm a 4.750 rpm. Potência equilibrada para uso nos centros urbanos, mas que também favorece deslocamentos um pouco mais longos, como os de uma cidade à outra. O conjunto de freios conta com disco de 320 mm de diâmetro na roda dianteira com pinça de dois pistões; e de 240 mm com pinça de pistão único na traseira. A exemplo de outros modelos da marca, a Honda também disponibiliza uma versão da NC 700X equipada com o sistema Combined ABS. A Honda anunciou que trará somente a versão mecânica da NC 700X, e seu preço sugerido será de R$ 27.490 sem ABS e R$ 29.990 com a eletrônica.

Biz 100

A Honda também apresentou a Biz 100, modelo que complementa o line-up da marca no Brasil e deixa a motoneta mais próxima de suas origens, com foco no motociclista iniciante. Com design semelhante ao da versão de 125 cc (com sutis alterações no escudo frontal e piscas na cor laranja) a moto chega equipada com motor monocilíndrico de 97,1 cm³ e comando simples no cabeçote (OHC). A nova Biz estará disponível nas versões KS (partida a pedal) cujas cores serão preta e vermelha e ES (partida elétrica) que será oferecida em preto, vermelho e rosa metálico. As vendas começam em julho e os preços serão de R$ 4.710 para a versão KS e R$ 5.290 para a ES.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Justiça Federal pede regularização de perícias em dois municípios de MS
INSS

Justiça Federal pede regularização de perícias em dois municípios de MS

Com nomes conhecidos, série inspirada em HQs é estreia da semana
DEADLY CLASS

Série inspirada em HQs
é estreia da semana

Instabilidade na gestão federal deve atrasar obra, diz prefeito
IMPASSE BANDEIRANTES

Instabilidade na gestão federal deve atrasar obra, diz prefeito

BRASIL

CNI/Ibope aponta que 35% avaliam governo Bolsonaro como ótimo ou bom

Mais Lidas