Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

técnico em enfermagem

Homem preso por fazer abortos em hospital

29 OUT 2010Por bruno grubertt03h:00

O técnico em enfermagem D.R.N., de 34 anos, foi preso na última quarta-feira, em Porto Murtinho, acusado de ter praticado aborto em uma jovem de 20 anos. Ele teria aplicado um medicamento para que ela abortasse o feto. A mulher estava grávida de seis meses e também foi presa.

Segundo a Polícia Civil, o homem trabalha no hospital de Porto Murtinho e boatos na cidade davam conta de que ele teria cometido outros crimes semelhantes. Porém, a polícia ainda não havia conseguido provar a prática. De acordo com as investigações, Denilson cobrava de R$ 250 a R$ 300 para aplicar o medicamento nas gestantes.

As investigações começaram após denúncia do Conselho Tutelar do município. O procedimento teria ocorrido na madrugada de quarta-feira, na casa de uma parente. Porém, depois de sentir muitas dores, a jovem procurou ajuda na casa de sua ex-sogra. A prisão dos dois ocorreu no fim da tarde de quarta-feira.

Policiais encontraram o feto enrolado em um casaco velho, deixado em cima do estrado de uma cama, na varanda da casa. Ainda segundo a polícia, em exames feitos no feto de 25 centímetros, ficou constatado que a criança nasceu com vida.

Leia Também