Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Homem é preso em assalto na frente de banco

10 JUL 10 - 08h:03
Elias de Moraes Barros foi preso ontem à tarde quando tentava roubar um envelope com R$ 10 mil que seriam depositados na agência do Banco do Brasil situada na Avenida Bandeirantes, em Campo Grande. O criminoso chegou a tirar o envelope das mãos da vítima, porém, teve sua ação frustrada por policiais militares que passavam pelo local.
Por volta das 16 horas, o funcionário de um supermercado seguia para a agência, onde depositaria o dinheiro que levava em um envelope. Ele foi surpreendido por Elias, que estava armado, o ameaçou e tomou o envelope de sua mão.
Assim que o assaltante, que estava em uma motocicleta Yamaha YBR de cor vermelha, pegou o dinheiro, a vítima avistou dois policiais militares que passaram pela avenida em motos da PM e pediu ajuda a eles, que acabaram prendendo o criminoso em flagrante.
Outro homem, que seria comparsa de Elias e o aguardava a uma certa distância, fugiu no momento em que o criminoso foi preso, de acordo com o que disseram os policiais do pelotão Tático do 1º Batalhão de Polícia Militar, que atenderam a ocorrência. A PM fez buscas pelas redondezas, mas não encontrou o segundo suspeito.
O assaltante, o dinheiro e o revólver 38, com seis munições, foram levados para a sede da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derf), onde, no início da noite de ontem, o caso foi registrado para investigação. O suspeito deve permanecer detido em uma cela da Derf. (BG)
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vereadores devem votar PL dos professores
REVISÃO SALARIAL

Vereadores devem votar PL dos professores

Exportações nacionais crescem 60% em relação a safra passada
ALGODÃO EM ALTA

Exportações nacionais crescem 60% em relação a safra passada

Comercialização de carne bovina cresce 60% em MS
1º SEMESTRE

Comercialização de carne bovina cresce 60% em MS

Tebet diz que 60 dias é mais confortável para votar Previdência
SENADO

Dois meses é mais confortável para votar reforma, diz Tebet

Mais Lidas