Domingo, 18 de Fevereiro de 2018

Legado

Hakkinen aconselha Schumi a sair da F-1 enquanto pode

19 NOV 2010Por Gazeta Esportiva13h:28

Bicampeão mundial da F-1, Mika Hakkinen ainda não entendeu porque Michael Schumacher decidiu retornar à categoria neste ano. Para o finlandês, não há mais nada que o alemão possa provar e seria bom para ele deixar o esporte enquanto ainda há tempo.

Em entrevista ao jornal alemão TZ, Hakkinen comentou o incidente que Schumacher protagonizou ainda na primeira volta do GP de Abu Dhabi, no último domingo. O alemão rodou na pista depois de um toque em Nico Hulkenberg e foi atingido pela Lotus de Vintantonio Liuzzi, que parou em cima de sua Mercedes, não certando por pouco a cabeça do piloto.

Para Hakkinen, este acidente mostra que está na hora de Schumacher aceitar a derrota e abandonar a Fórmula 1 enquanto ainda está inteiro.

"Para mim, Michael é um trágico ex-herói agora", disse. "Eu me pergunto por que diabos ele voltou para o cockpit. Lá está o homem mais bem sucedido nos esportes a motor correndo no meio dos outros e cometendo um erro ridículo em Abu Dhabi que quase lhe custou sua vida", analisou o ex-piloto, que dramatizou o acidente em Yas Marina.

"Que tragédia seria para os alemães, no dia do triunfo de (Sebastian) Vettel (se Schumacher tivesse morrido). O que tem o homem que já ganhou mais que todo mundo ainda a provar?", questionou.

"Na minha opinião, ele está desmanchando o próprio legado pouco a pouco. E eu não vejo nenhuma diferença se isto é por causa de problemas técnicos ou porque ele não consegue alcançar os garotos", concluiu Hakkinen.

Leia Também