BRASIL/MUNDO

Haiti prende dez por tráfico de 33 crianças

Haiti prende dez por tráfico de 33 crianças
01/02/2010 07:05 -


Dez norte-americanos foram detidos pela polícia haitiana na noite do sábado, enquanto tentavam levar 33 crianças de ônibus para a República Dominicana, aparentemente sem documentos. Fiéis de uma igreja batista em Idaho (EUA) chamaram a operação da “missão de resgate de órfãos haitianos”, cujo objetivo seria salvar crianças que ficaram abandonadas após o terremoto de 12 de janeiro. O ministro de Assuntos Sociais do Haiti, Yves Cristallin, disse que os norte-americanos detidos são suspeitos de participarem de um esquema ilegal de adoção de crianças. Os americanos se colocaram no meio de uma tempestade no Haiti, cujo Governo suspendeu a adoção de órfãos após o terremoto, em meio aos temores de que crianças sem pais sejam ainda mais vulneráveis aos traficantes humanos. Estima-se que o terremoto de 12 de janeiro tenha matado 200 mil pessoas e deixado mais de 1 milhão de desabrigados no Haiti. “Nós apenas tentamos fazer a coisa certa no meio desse caos”, disse a líder do grupo, Laura Silsby, de Idaho. Silsby afirma que o grupo tinha boas intenções e não pagou nenhum dinheiro pelas crianças. Ela disse que as crianças foram entregues ao grupo por um pastor haitiano, Jean Sanbil.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".