Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Há quem diga que o conflito entre as polícias não é de agora. Policial...

Há quem diga que o conflito entre as polícias não é de agora. Policial...
21/04/2011 00:00 - Ester Figueiredo


Há quem diga que o conflito entre as polícias não é de agora. Policial civil, hoje aposentado, conta que certa vez sua equipe prendeu um homem que era irmão de um PM. Este foi à delegacia com alguns colegas para “resgatar” o mano. No auge da discussão e ânimos alterados, alguém fez a proposta de resolverem no braço. De comum acordo, as armas foram trancadas nas gavetas e a briga na sala foi espetacular. Resultado: o rapaz continuou preso.

Felpuda


Em uma das eleições em MS, candidato já oficializado na convenção corria o trecho para conquistar os eleitores. Mal sabia, porém, que time do seu partido e de aliados estava tramando sua derrubada para emplacar substituto que teria mais votos. Por muito pouco, o dito-cujo não foi guilhotinado, conseguindo salvar o pescoço. Agora tudo indica que o mesmo processo estaria em andamento e seria mais fácil, pois a “vítima” desta vez ainda é só pré-candidato. Dizem que a “turma da trairagem” tem know-now no assunto.