Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

TURISMO DE OBSERVAÇÃO

Guia sobre aves do Pantanal e do Cerrado será lançado em Miranda

22 MAR 2011Por DA REDAÇÃO07h:20

 

Para estimular e popularizar a observação de aves no Brasil, a organização WCS apresenta a publicação e promove seu workshop de capacitação de guias de observadores de aves, em Miranda. Com 1.832 espécies catalogadas, o Brasil é um dos três países com maior número de espécies de aves do mundo. O turismo de observação de aves tem se mostrado um grande potencial para a economia local em diversas regiões do País, e contribui também para a conservação do meio ambiente. Como forma de estimular as pessoas a observar e proteger a exuberante fauna de aves do Brasil, a Wildlife Conservation Society (WCS) e a Editora Horizonte lançam o Guia AVES DO BRASIL: PANTANAL & CERRADO. O lançamento acontece no próximo dia 29, às 20h, na Estação do Trem do Pantanal, em Miranda (MS). Já o ‘Workshop WCS de Capacitação para Condução de Observadores de Aves no Pantanal’ será realizado no mesmo local entre os dias 28 e 31 de março.

O workshop tem o objetivo de capacitar a mão de obra local para o  atendimento de visitantes nacionais e internacionais que procuram a região para a prática de observação de aves. 

A iniciativa é da WCS em parceria com lideranças empresariais e municipais. O curso é  voltado para profissionais que já atuam em turismo, como guias, monitores e condutores. Ele tem duração de 30 horas, incluindo aulas práticas e teóricas. Além disso, serão promovidas diversas visitas a campo para o desenvolvimento de atividades práticas.

Guia

O Guia é o primeiro de uma série que irá abordar as aves de todos os biomas brasileiros, permitindo sua identificação. Com linguagem simples e bem ilustrado, o livro tem o objetivo de popularizar a observação de aves no Brasil e estimular a conservação do meio ambiente. O primeiro volume da série apresenta 740 espécies de aves do Pantanal e do Cerrado, entre nomes bastante conhecidos, como a ema e a arara-azul-grande e  espécies ainda pouco estudadas pelos cientistas, como o belo pica-pau-do-parnaíba e o raríssimo tiê-bicudo. A maioria das descrições é acompanhada de ilustrações precisas feitas por renomados artistas especializados em aves, como Guy Tudor, o maior ilustrador de aves sul-americanas.

 A ornitóloga Martha Argel, uma das autoras do livro, explica que o guia é muito mais que uma ferramenta de observação de aves, pois constitui um instrumento educativo e científico de proteção ao meio ambiente e de incentivo ao turismo sustentável. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também