Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Guerrero não presta depoimento sobre invasão a CT

25 FEV 14 - 02h:00atarde

O atacante do Corinthians Paolo Guerrero não prestou depoimento na Polícia Civil na tarde desta segunda-feira. Ele era esperado na sede do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa) para dar esclarecimentos sobre a invasão dos torcedores ao CT.

A princípio, Guerrero compareceria ao DHPP às 14h e seria ouvido pela delegada Margareth Barreto. A delegada, no entanto, ouviu apenas funcionários do clube nesta segunda-feira. O departamento jurídico do Corinthians irá entrar em contato com a delegada para que ela diga se é necessário que Guerrero preste depoimento.

Guerrero teria sido agredido por torcedores no dia da invasão, ou teria sido "esganado" como afirmou o presidente Mário Gobbi. Mas o atacante negou esta versão. Após o jogo contra o Rio Claro, ele garantiu que nenhum torcedor "tocou nele" naquela dia.

Romarinho também confirmou nesta segunda-feira que o companheiro de time não foi agredido. "O Guerrero estava ali fora, os caras foram para cima, mas não foi agredido", disse o atacante.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas
APONTA PESQUISA

Mais famílias campo-grandenses conseguem pagar as dívidas

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas
INTERIOR

Agehab dá dez dias para mutuários regularizarem dívidas

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS
DIZ MINISTRO

União agilizará reconhecimento de emergência por queimadas em MS

Investigações contra agressor de Bolsonaro podem ser retomadas
PRESO EM CAMPO GRANDE

Agressor de Bolsonaro pode voltar a ser investigado

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião