Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

REDE

Guarda Municipal conta com 300 pessoas

17 ABR 2011Por da redação08h:37

Os guardas municipais de Campo Grande participaram na semana passada de uma série de palestras educativas, com objetivo de orientar o efetivo sobre o trabalho desempenhado pela corporação, no que diz respeito à recepção de pessoas (alunos, pais e visitantes) nas escolas e centros de educação infantil (Ceinf), averiguação e avaliação da segurança local, triagem e condução de visitantes, relações interpessoais entre a comunidade para criar um clima de harmonia e colaboração com o guarda municipal.

O prefeito Nelson Trad Filho esteve presente na abertura do evento, realizado no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e comentou a importância de realizar um trabalho preventivo que evite situações de risco para os estudantes e para a comunidade em geral. “O objetivo da Guarda é trabalhar preventivamente para oferecer tranqüilidade aos pais, estudantes e funcionários das escolas, a fim de evitar qualquer situação de risco, como tivemos notícia recentemente na mídia nacional”, explica.

O coordenador geral da Guarda, tenente-coronel Paulo César Monteiro Ayres lembra a responsabilidade do guarda municipal para com a segurança dos estudantes e do patrimônio público e lembrar que o guarda não é um vigia ou segurança e sim um profissional de segurança capacitado pela prefeitura e com um compromisso firmado com a sociedade campo-grandense. “Estamos programando palestras para todo o efetivo, que hoje é de 300 homens e estão sendo elaboradas cartilhas educacionais para as escolas e para nosso efetivo” declara o Coronel Ayres.

Mais duas palestras estão agendadas para este mês, uma amanhã e outra em 20 de abril, desta vez para os guardas que atuam nas Unidades de Saúde da Capital. O local do evento será a Escola de Governo, localizada na Avenida Ernesto Geisel, 4009, centro, a partir das 8h da manhã. Os temas discutidos com os participantes serão: recepção ao paciente, apoio, encaminhamento, mediação de conflitos, relação de cordialidade com a população.

 

Leia Também