Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Grupos organizam “corridas” há anos e exibem irresponsabilidade na internet

31 JUL 10 - 16h:44
MILENA CRESTANI

Os rachas promovidos na Avenida Afonso Pena já acontecem há pelo menos dois anos, conforme comprovam registros de vídeos e comunidades no site de relacionamentos Orkut. As corridas são chamadas de “quinta-verde”. Os policiais militares da Companhia Independente de Polícia de Trânsito (Ciptran) informaram que os participantes haviam parado de promover as disputas no local, mas neste ano retomaram a prática ilegal.
Os policiais militares monitoraram a via durante dois meses até o flagrante dos dois jovens praticando racha na madrugada de ontem. Em outra ocasião, eles chegaram a presenciar a movimentação na avenida, nas proximidades de onde funcionava a Cidade da Copa. Os participantes teriam notado a presença dos policiais e suspenderam a corrida.  
“Conseguimos o flagrante depois de um trabalho de inteligência, com monitoramento nos locais”, afirmou o comandante Alírio Vilassanti. Ele afirmou que as denúncias feitas por moradores são essenciais para coibir a prática. “Essas corridas ilegais são um risco para os próprios condutores e também para outros motoristas, pois podem provocar acidentes”, completou o major.
Pelo monitoramento, ainda não foi possível identificar como os jovens se organizam para praticar os rachas. “Pelo que percebemos, eles fazem parte de um mesmo grupo de amigos que se reúnem no local”. Ainda em vídeos postados no YouTube consta também que algumas pessoas usam estacionamento e parte da pista da Afonso Pena para fazer manobras arriscadas de motocicleta, o que foi apelidado de “quarta-verde”.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Partidos de esquerda e centro articulam união para barrar radicais
ELEIÇÕES 2020

Esquerda e centro articulam união para barrar radicais

O primeiro robô brasileiro <br>com Inteligência Artificial, o Tinbot,<br> vêm à Campo Grande
TECNOLOGIA

O primeiro robô brasileiro com Inteligência Artificial, o Tinbot, vêm à Campo Grande

Para CCR, chance de perder ação para revisão de contrato é “remota”
CONCESSÃO

CCR vê chance remota de perder ação contra ANTT

Funtrab oferece 162 vagas de emprego para Campo Grande nesta terça-feira
OPORTUNIDADE

Funtrab oferece 162 vagas
de emprego nesta terça-feira

Mais Lidas