Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 21 de outubro de 2018

Grupo trata tema espírita em comédia

16 ABR 2010Por 02h:16
OSCaR ROCHA

O Grupo Teatral Palco e Luz, formado desde 1982, estreia a nova montagem, “Os desencontros de Adão e Eva”,  amanhã, às 18h e, domingo, às 20h, no Teatro Aracy Balabanian (Centro Cultural José Octávio Guizzo). Criado no interior de São Paulo, o grupo desde 1996 está fixado em Campo Grande, especializando-se em montagens infanto-juvenis e espíritas.  A nova peça filia-se neste último segmento.

“É uma comédia que mostra a temática espírita de forma leve. O espetáculo pode ser assistido por público de qualquer religião, sem qualquer problema”, explica o ator João Paulo Franco, que interpreta o personagem central.

A peça retrata duas entidades espirituais, uma encarnada e outra desencarnada, que têm muitas afinidades.  A partir de certo período, acreditando ser melhor para  Adão e Eva, os mentores espirituais resolvem “separá-los” temporariamente, ou seja, quando um está encarnado, o outro está desencarnado e vice-versa.

Nesse contexto, existem os desencontros entre eles e a comicidade está muito presente, existindo também na peça uma abordagem ao preconceito racial, de forma clara e objetiva, sob a ótica espírita.

Gleidson Novais, em 2007, escreveu e dirigiu sua primeira peça com temática espírita, “O neófito e o mestre”, com o tema ação e reação; em 2008, fez a tragicomédia “Izabel e seus maridos”, com o tema sobre a obsessão e, em 2009, a peça “Eles estão de volta”, com a temática sobre o livre arbítrio.
O elenco da atual peça  é formado pelo atores João Franco (Adão), Noêmia Rodriguez (Eva), Larissa Lopes, Fabiano Valente e Ewerton Gourlat. A iluminação é de Stepheen Baylon e a sonoplastia, de Marcelo Benites.
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também