sábado, 21 de julho de 2018

CORONEL SAPUCAIA

Grupo de jovens faz comemoração com tiros de fuzil e espingarda

18 DEZ 2010Por EDILSON JOSÉ ALVES, DE PONTA PORÃ11h:10

Um grupo de jovens que fazia festa atirando para o alto com um fuzil e uma espingarda acabou fugindo e abandonando as armas e duas motocicletas depois que populares acionaram a Polícia Militar em Coronel Sapucaia. Apenas um integrante do grupo de baderneiros, de nacionalidade paraguaia, não conseguiu fugir antes da chegada dos policiais e acabou detido.

Conforme as informações policiais, na madrugada de sexta-feira, um grupo de jovens fazia festa na Vila Nova, bairro de Coronel Sapucaia, município situado na linha de fronteira com Capitán Bado, no Paraguai. No local eles estariam ingerindo bebidas alcoólicas e fazendo disparos de arma de fogo. Vizinhos ficaram preocupados com o tiroteio e acionaram a Polícia Militar.

No momento que os policiais se aproximavam da casa, os jovens fugiram a pé, apenas o paraguaio Ernesto Fernandes Verón, de 19 anos, não conseguiu correr e foi detido e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Coronel Sapucaia, onde foi ouvido e depois liberado. Os outros integrantes do bando teriam atravessado a linha de fronteira e estão refugiados no território paraguaio.

Durante revista na casa onde acontecia a festa, os militares encontraram um fuzil manual que utiliza munição calibre 7,62, mesmo tipo de projétil utilizado pelas Forças Armadas do Brasil; e uma espingarda, cujo calibre não foi identificado pelos policiais. Duas motocicletas de origem estrangeira também foram abandonadas e apreendidas no local.

Leia Também