Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

PROJETO

Grupo de Capoeira fará doação de sangue

31 MAI 2011Por da redação08h:52

Começa quinta-feira (02), o projeto Galera Sangue Bom, idealizado pelo grupo de capoeira Ilê Camaleão, com o objetivo de mobilizar a sociedade para atividades sociais. O projeto acontecerá entre os dias 02 e 05 de junho, e já no primeiro dia capoeiristas, músicos, skatistas, artistas e profissionais de outros segmentos da sociedade estarão reunidos em frente ao hemosul para doação de sangue. A meta é coletar no mínimo 100 bolsas de sangue e para isso, o hemosul se preparou convocando mais profissionais no auxílio dos trabalhos.

Segundo o coordenador do grupo Ilê Camaleão em Mato Grosso do Sul, mestre Liminha, a capoeira é uma demonstração cultural que une as pessoas e desenvolve a pratica do bem. “Este será o primeiro de muitos projetos sociais desenvolvido por nós, em conjunto com a sociedade. Nosso trabalho é sério e de grande responsabilidade, por isso, temos o apoio de entidades importantes como o sindicato dos médicos e os órgãos públicos”, diz Liminha.

Para o presidente do SinMed-MS, Marco Leite, ações como esta desempenhada pelo grupo Ilê Camaleão são extremamente válidas e devem servir de exemplo para todas as pessoas. “O sindicato dos médicos sempre desenvolveu suas atividades pensando no bem estar da população e apoiar outros segmentos da sociedade que praticam trabalhos sociais também significa zelar pela saúde das pessoas”, declara o presidente.

No dia três serão feitas apresentações de capoeira pela cidade, para chamar as pessoas para o batizado, troca de cordão e formatura de capoeiristas, que acontece dia quatro, no Armazém Cultural, às 15h. A entrada para o evento é 1Kg de alimento não perecível, que vai ser destinado a entidades carentes da Capital. “Tenho certeza que vamos atingir nosso objetivo tanto na doação de sangue, quanto na arrecadação de alimentos. As pessoas são solidárias e vão apoiar a nossa causa”, diz o mestre. Ele complementa ainda que mestres e professores de outros grupos e de outras Capitais estão chegando para o evento, que promete ser um marco na história capoeirística do Estado.

Leia Também