Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Grupo avaliou se aprovava vinda de Ronaldinho

17 JUN 2012Por band06h:00

Quando Ronaldinho Gaúcho veio para o Atlético-MG, Alexandre Kalil revelou que o técnico Cuca teve grande participação no processo que culminou em um acerto entre jogador e o clube mineiro.

O treinador, ao ser perguntado se tal fato era verdade, confirmou que ligou para o empresário e irmão de Ronaldinho, Roberto Assis, e convenceu o representante que o Galo era o melhor destino para o ex-melhor do mundo pela FIFA.

Só que, em entrevista ao canal Esporte Interativo, o comandante da equipe revelou um novo capítulo dessa história. Cuca disse que, antes de Ronaldinho assinar com o time de Belo Horizonte, perguntou para alguns jogadores do elenco o que eles achavam de trazer o camisa 49 para a Cidade do Galo.

"Eu disse para o Assis a maneira que eu gostaria de usar o Ronaldinho no meu time. Era como um pensante, no meio de campo. Depois, me dirigi aos jogadores importante do meu grupo e disse que estávamos trazendo o Ronaldinho. Não tive nenhuma resposta negativa. Alguns chegara a falar: "Pode trazer que corremos por ele, pode trazer". O Donizete e o Fillipe (Soutto) foram alguns deles" disse o treinador.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também