Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Anvisa

Greve compromete estoque de remédios

24 AGO 12 - 00h:01DANIELLA ARRUDA

Greve dos servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que completa hoje 69 dias e acarretou falta de medicamentos em hospitais e laboratórios públicos e privados do País, pode comprometer a médio prazo o tratamento de doenças graves e a realização de exames na rede pública de saúde de Mato Grosso do Sul.

De acordo com autoridades de saúde e representantes de hospitais ouvidos ontem pelo Correio do Estado, há a preocupação de que num cenário superior a 30 dias haja comprometimento nos estoques de medicamentos importados, caso daqueles utilizados em pacientes de quimioterapia, reagentes para exames de HIV, hepatites e hemoderivados.

“Existe certa preocupação a médio prazo, de 30 a 40 dias, com relação a alguns medicamentos e kits para laboratório. Estamos monitorando a situação, mas ainda não chegou a comprometer o nosso estoque”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Leandro Mazina Martins.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

VAZA-JATO

Procuradores trocaram mensagens sobre Flávio Bolsonaro, afirma site

BRASIL

Marinha proíbe uso de celular em suas instalações

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa
ECONOMIA

Deputados propõem liberar venda de remédios sem aval da Anvisa

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda
ECONOMIA

Ministro diz a caminhoneiros que tabela do frete será suspensa nesta segunda

Mais Lidas