ANVISA

Greve compromete estoque de remédios

Greve compromete estoque de remédios
24/08/2012 00:01 - DANIELLA ARRUDA


Greve dos servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que completa hoje 69 dias e acarretou falta de medicamentos em hospitais e laboratórios públicos e privados do País, pode comprometer a médio prazo o tratamento de doenças graves e a realização de exames na rede pública de saúde de Mato Grosso do Sul.

De acordo com autoridades de saúde e representantes de hospitais ouvidos ontem pelo Correio do Estado, há a preocupação de que num cenário superior a 30 dias haja comprometimento nos estoques de medicamentos importados, caso daqueles utilizados em pacientes de quimioterapia, reagentes para exames de HIV, hepatites e hemoderivados.

“Existe certa preocupação a médio prazo, de 30 a 40 dias, com relação a alguns medicamentos e kits para laboratório. Estamos monitorando a situação, mas ainda não chegou a comprometer o nosso estoque”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Leandro Mazina Martins.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".