Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Anvisa

Greve compromete estoque de remédios

24 AGO 2012Por DANIELLA ARRUDA00h:01

Greve dos servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que completa hoje 69 dias e acarretou falta de medicamentos em hospitais e laboratórios públicos e privados do País, pode comprometer a médio prazo o tratamento de doenças graves e a realização de exames na rede pública de saúde de Mato Grosso do Sul.

De acordo com autoridades de saúde e representantes de hospitais ouvidos ontem pelo Correio do Estado, há a preocupação de que num cenário superior a 30 dias haja comprometimento nos estoques de medicamentos importados, caso daqueles utilizados em pacientes de quimioterapia, reagentes para exames de HIV, hepatites e hemoderivados.

“Existe certa preocupação a médio prazo, de 30 a 40 dias, com relação a alguns medicamentos e kits para laboratório. Estamos monitorando a situação, mas ainda não chegou a comprometer o nosso estoque”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Leandro Mazina Martins.

Leia mais no jornal Correio do Estado
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também