Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

campeonato brasileiro

Grêmio segura Atlético-PR e vence com gol contra

29 MAI 2011Por TERRA17h:12

Um lance bizarro decidiu a vitória fora de casa do Grêmio neste domingo. Atuando na Arena da Baixada, a equipe do técnico Renato Gaúcho venceu por 1 a 0, contando com gol contra de Rafael Santos no primeiro tempo para obter seu triunfo. O zagueiro se confundiu ao recuar bola para o estreante goleiro Márcio e tocou contra o próprio patrimônio. O time da casa foi melhor no restante da partida, especialmente depois do intervalo, mas não superou a marcação gaúcha e a ótima atuação do goleiro Victor.

A primeira vitória deixa os gremistas na nona colocação, enquanto os paranaenses, sem vitórias, estão na penúltima posição do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, o Atlético-PR vai ao Canindé enfrentar o Palmeiras, jogo que ocorre no sábado, às 18h30. Já o Grêmio recebe o Bahia no Olímpico, partida do domingo, que será disputada às 16h.

Montando sua equipe para a temporada, o técnico Adilson Batista preparou o meio de campo com Deivid, Cleber Santana, Marcelo Oliveira e Paulo Baier. Na frente, Guerrón e Adaílton novamente formaram o ataque. Já Márcio, contratado junto ao então Grêmio Prudente, fez sua estreia como titular.

O Grêmio, por sua vez, segue sua sina de enfrentar desfalques a cada rodada. Renato Gaúcho não contou com oito atletas, sendo que Adilson e Leandro são os mais novos lesionados. Desta forma, o ataque foi formado por Junior Viçosa e Lins. Já Fernando substituiu Adilson ao lado de Fábio Rochemback na cabeça de área.

O jogo
O Atlético-PR iniciou a partida com a posse da bola, trocando passes em seu campo de ataque. As jogadas passavam pelos pés de Paulo Baier, como em cruzamento aos 4min que Rafael Marques afastou. O goleiro Márcio precisou trabalhar pela primeira vez somente cinco minutos depois, em chute de Fábio Rochemback.
Aos 13min, os torcedores atleticanos receberam um "presente de grego" de Rafael Santos. O zagueiro tentou cortar lançamento de Lúcio, mas surpreendeu Márcio no recuo de bola e fez um bizarro gol contra. O time da casa sentiu o gol, e não conseguiu criar boas jogadas nos minutos seguintes.

O Atlético-PR voltou a ameaçar aos 20min, em cobrança de falta de Paulo Baier, mas Victor tirou da área com um soco. A equipe paranaense trocava passes no meio de campo, sem achar espaços na defesa gremistas. Quando a bola passava pelos pés de Rafael Santos, a torcida o presenteava com vaias.

A partida ficou em ritmo fraco nos minutos finais. O Grêmio teve chance aos 37min, quando Fábio Rochemback aproveitou erro de Rafael Santos para tocar para Junior Viçosa, mas o arremate do atacante foi defendido por Márcio. O Atlético-PR buscava a bola aérea, tendo como última chance antes do intervalo cabeçada de Adaílton, mas a tentativa saiu à direita do gol gremista.

Segundo tempo
O Atlético-PR voltou com mudanças para a etapa complementar: buscando dar mais velocidade à sua equipe, Adilson sacou Cleber Santana e Adaílton, substituindo-os por Branquinho e Nieto. O time da casa voltou melhor, e Rafael Santos ficou perto de se redimir aos 3min, aos desviar de cabeça com muito perigo cobrança de escanteio de Paulo Baier.
O momento positivo animou a torcida atleticana, que passou a impulsionar sua equipe rumo ao ataque. Já o Grêmio apostava em contra-ataques velozes, como aos 9min, quando Neuton invadiu a área, dividiu com a marcação e Junior Viçosa não conseguiu finalizar ao gol na sequência.

O Atlético-PR voltou a fazer sua principal jogada, alçar bola na área, o que obrigou a Victor trabalhar muito. Para dar alternativa por baixo, Adilson sacou Paulo Baier para a entrada de Madson, mas pouco mudou a favor do time da casa. Somente aos 25min que os paranaenses voltaram a criar boa chance, em grande jogada de Branquinho que terminou com defesa de Victor.

Madson teve boa oportunidade de empatar aos 30min, em cobrança de falta na entrada da área, mas o arremate passou por cima do travessão. Três minutos depois, Nieto teve excelente chance ao cabecear dentro da área, mas Victor fez ótima defesa. A pressão atleticana prosseguiu até os minutos finais, como cobrança de falta de Paulinho que acertou o travessão aos 47min, porém a defesa gremista conseguiu manter a importante vitória fora de casa.

Leia Também