Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

RONALDINHO

Grêmio desiste e Fla está 99% da contratação

9 JAN 2011Por ESTADÃO08h:11

O Grêmio desistiu de Ronaldinho Gaúcho. Indignado com o comportamento de Roberto Assis, agente e irmão do atleta, e de Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, o presidente do Tricolor, Paulo Odone, anunciou ontem que o clube retirou a proposta e desistiu da contratação do meia. A decisão dos gaúchos abriu caminho para os dirigentes do Flamengo, que mantiveram contato com Assis e Galliani ontem pela manhã e deixaram o acerto bem encaminhado. "Está 99,9% certo com o Flamengo", disse o dirigente italiano. 

Na sexta-feira, uma verdadeira comitiva rubro-negra se encontrou com Assis, na casa dele, na Barra da Tijuca, e aumentou a oferta salarial pelo jogador, que já estava em torno de R$ 1 milhão por mês. Prometeu pagar R$ 200 mil a mais. Assis também exigiu um camarote exclusivo para a sua família no Engenhão e teria sido atendido.

O Flamengo contou com o apoio financeiro da Traffic para seduzir Galliani. Enquanto em Porto Alegre a direção gaúcha priorizava a conversa com Assis, no Rio os dirigentes rubro-negros aproveitavam a presença de Galliani na cidade para fazer a aproximação. O resultado foi visto na insossa entrevista coletiva de quarta-feira, quando o milanista disse que torcia para que Ronaldinho acertasse com o time carioca.

Ontem de manhã, a presidente Patrícia Amorim e outros dirigentes rubro-negros seguiram para o apartamento de Galliani e, depois do encontro, deram entrevista sem cantar vitória antes do tempo. "Flamengo e Milan chegaram a um acordo. Faltam dois ou três dias para acertar isso, pois faltam detalhes dessa transferência. Não é uma negociação fácil, mas é importante que Flamengo e Milan chegaram a um acordo. Agora falta resolver cláusulas contratuais com o jogador", contou a presidente.

O Flamengo vai desembolsar cerca de R$ 6 milhões pela liberação. "Faltam alguns detalhes. Esperamos resolver até segunda ou terça-feira, e praticamente posso assegurar que Ronaldinho é do Flamengo", disse Galliani. Ronaldinho deve assinar contrato com o clube por três anos e meio, até a Copa do Mundo de 2014. Em baixa na Itália, ele voltará a jogar no País para ficar mais perto dos familiares e do técnico da seleção, Mano Menezes.

Revolta. Abatido, frustrado e irritado com a condução da negociação, Odone, anunciou que desistiu de Ronaldinho Gaúcho, revelado no próprio clube. "O Grêmio chegou ao seu limite, eu encerrei as negociações, foi comunicado ao Assis isso, está acabado. Ele pode fazer mais propostas, mais leilões. Sugiro que ele procure o Corinthians também", afirmou.

Assis ouviu as declarações do gremista e jogou a culpa nos italiano. "Infelizmente tem o Milan na negociação. O Ronaldo é atleta do Milan, ele tem que cumprir o que o Milan determina", afirmou ao jornal Zero Hora. "O Milan está criando uma certa dificuldade. Nós estávamos acertados, mas o Milan entrou no negócio. O Flamengo conversou direto com o Milan. Mas o Ronaldo não tem nada acertado."

Já o Palmeiras não jogou a toalha e, embora o otimismo não seja mais o mesmo, manteve a proposta ao astro, com salário superior a R$ 1 milhão.

Leia Também