Sexta, 23 de Fevereiro de 2018

PROBLEMAS

Grécia fará mais cortes de gastos em 2011, diz autoridade

13 NOV 2010Por ESTADÃO16h:02

A Grécia irá cortar ainda mais seus gastos, em cerca de dois por cento do Produto Interno Bruto (PIB), em seu orçamento de 2011, disse uma alta autoridade neste sábado após reunião especial do governo antes da visita de inspetores da União Europeia (UE) e do FMI. 

O país não deve cumprir a meta de reduzir seu déficit para 7,8 por cento do PIB neste ano, disse outra autoridade do governo à Reuters nesta semana, e analisa maneiras de cumprir suas metas para 2011 antes da apresentação do esboço final do seu orçamento, no dia 18. 

Perguntado quais medidas o governo tomaria, a autoridade disse a repórteres: "Isso basicamente tem relação com o corte de desperdícios e reorganização do setor público". 

Questionado a dimensão destas medidas, ele disse "cerca de 2 por cento do PIB". 

No primeiro esboço do orçamento para o próximo ano, o PIB grego foi calculado em cerca de 232 bilhões de euros (316,4 bilhões de dólares), o que significa que um corte de 2 por cento chegaria a cerca de 4,5 bilhões de euros. 

A autoridade disse que os ministérios da Saúde e do Trabalho contribuiriam com a maior fatia do esforço --cerca de 2 a 2,5 bilhões de euros.

Leia Também