Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

GP da China promete ser tira-teima entre equipes

GP da China promete ser tira-teima entre equipes
16/04/2010 21:15 -


Eduardo Miranda

 

O Grande Prêmio da China, que será disputado na madrugada de amanhã, às 3h (MS), será o tira-teima entre as três equipes que venceram neste ano, e prometem polarizar a disputa nos mundiais de pilotos e de construtores. Até agora, Ferrari, McLaren e Red Bull venceram uma corrida cada uma na temporada.

A primeira etapa deste ano, no Bahrein, foi vencida por Fernando Alonso; na Austrália, o vencedor foi Jenson Button, e no GP da Malásia, Sebastian Vettel garantiu a vitória.

Entre os pilotos, as quatro primeiras posições são ocupadas por integrantes destas três equipes. Felipe Massa, da Ferrari, é o líder da competição, com 39 pontos. Atrás dele estão seu companheiro, Fernando Alonso, e Sebastian Vettel, da Red Bull, ambos com 37. Jenson Button, da McLaren, é o quarto com 35 pontos.

Para o Grande Prêmio da China, a McLaren demonstra favoritismo, por conseguir o melhor desempenho no circuito de Shangai. Lewis Hamilton e Jenson Button têm os carros mais equilibrados para esta prova, resultado dos dutos de ar na carenagem.

Entre os brasileiros, Bruno Senna e Lucas di Grassi, pilotos da Hispania e da Virgin, respectivamente, reclamaram da falta de aderência da pista chinesa. Rubens Barrichello, da Williams, também não foi bem na primeira movimentação para a prova.

 

Acidente

Nos treinos livres de ontem, o suiço Sebastien Buemi, da Toro Rosso, protagonizou o acidente mais impressionante da temporada. O piloto viu as rodas de sua Toro Rosso simplesmente se soltarem no meio da reta devido a um problema com a suspensão.

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!