segunda, 23 de julho de 2018

INVESTIGAÇÃO

Governo russo suspende voos com avião Tupolev-154B

2 JAN 2011Por ESTADÃO18h:42

A agência russa que supervisiona o transporte aéreo ordenou hoje que sejam suspensos os voos com aeronaves Tupolev-154B, até que as autoridades descubram o que provocou um incêndio e uma explosão em um jato comercial desse modelo que matou três passageiros, ontem. Um porta-voz da agência, Sergei Romanchev, disse que as empresas aéreas precisam obedecer a ordem. Não está claro quantos Tu-154B estão em serviço no país.

 O Tu-154B é uma variante do modelo Tu-154, que começou a ser fabricado no começo da década de 1970 e é amplamente usado como avião de passageiros na Rússia, no Irã e nos países que fizeram parte da União Soviética. Nenhuma causa ainda foi determinada para o acidente de ontem, que também deixou 43 passageiros feridos. O incêndio começou quando o avião, com 124 pessoas, taxiava na pista do aeroporto de Surgut, na Sibéria ocidental, e se preparava para decolar.

 O Tu-154 é semelhante ao antigo Boeing 727, com três motores na parte traseira da fuselagem. O voo do Tu-154 foi proibido pelas autoridades europeias em grande parte da Europa Ocidental por causa do barulho feito pelos motores. A Aeroflot, principal empresa aérea da Rússia, retirou o avião de serviço em 2009.

Leia Também