Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

Zona de Alta Vigilância

Governo oficializa prorrogação de imunização contra aftosa na ZAV

8 DEZ 2010Por ADRIANA MOLINA01h:20

O governo de Mato Grosso do Sul oficializou a prorrogação da vacinação contra a febre aftosa na Zona de Alta Vigilância (ZAV). Portaria publicada ontem no Diário Oficial do Estado (DOE), pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com efeito retroativo desde 15 de novembro, confirmou a decisão anunciada no último dia 2, de estender o prazo da data-limite de 17 de novembro para 25 de dezembro, para a conclusão da imunização dos animais na área.

A região a ser afetada pela portaria compreende 11 municípios de Mato Grosso do Sul e tem cerca de 800 mil bovinos. Ampliar o período de imunização na ZAV foi necessário porque as doses são compradas pelo governo e os recursos federais liberados para o procedimento atrasaram devido ao processo eleitoral no Brasil nos últimos meses. Este deve ser o último ano em que o governo fornece a vacina aos produtores da ZAV.

Na região do Planalto, a vacinação se encerrou no dia 30 de novembro e no Pantanal vai até 15 de dezembro. A expectativa é de que seja imunizado todo o rebanho bovino do Estado, cerca de 22 milhões de cabeças. No Brasil o número deve chegar a 151,8 milhões de animais.

A Iagro disponibilizou para a operação 240 veterinários e mais de 120 técnicos capacitados para imunização e manipulação de animais, conforme padrões de exigência internacionais. Outros 82 profissionais da iniciativa privada foram treinados com a mesma finalidade.

Leia Também