Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Governo nega acordo sobre MP do Código Florestal

31 AGO 12 - 11h:19TERRA

Após a crítica da presidente Dilma Rousseff ao acordo fechado entre governistas e ruralistas na comissão especial do Congresso que discute a medida provisória (MP) do novo Código Florestal, a Secretaria de Relações Institucionais (SRI) informa que a negociação não teve o aval nem concordância do governo. O governo vai tentar reverter as mudanças na MP durante votação nos plenários da Câmara e do Senado.

Em nota, a SRI, que responde pela articulação entre o Executivo e o Congresso, informa que "a aprovação da MP 571, ocorrida na quarta, na Comissão Especial Mista do Congresso Nacional, não teve aval ou concordância do governo federal. Durante toda a tramitação da matéria na comissão, o governo, por meio da SRI, do Ministério do Meio Ambiente, do Ministério da Agricultura e do Ministério do Desenvolvimento Agrário, sempre deixou claro que o ideal era manter a proposta original da MP 571."

A insatisfação de Dilma foi manifestada durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social. A presidente teria enviado um bilhete à ministra Ideli Salvatti, da SRI, e à Izabela Teixeira, do Ministério do Meio Ambiente, flagrado por repórteres fotográficos com os seguintes dizeres: "Porque (sic) os jornais estão dizendo que houve um acordo ontem no Congresso sobre o Código Florestal e eu não sei de nada?"

Diante da posição do governo, o deputado ruralista Ronaldo Caiado considera que a atitude de Ideli "eliminou qualquer chance de acordo no plenário". Já o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Homero Pereira, lembra que a sessão que votou o código foi transmitida pela televisão. "Você acha que o governo não acompanhou?". Pereira lembra que o líder do governo no Congresso estava na mesa quando foi feito o acordo. "Isso não tem cabimento", completa.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Produtores do Estado buscaram R$ 9,2 bilhões em crédito rural
DINHEIRO NO CAMPO

Produtores do Estado buscaram R$ 9,2 bilhões em crédito rural

Procon/MS notifica CCR-MSVias sobre reclamações de usuários
IRREGULARIDADES PEDÁGIO

CCR-MSVias é notificada por falta de pessoal e troco

Sobrinho mata tia com 24 golpes de faca de cozinha no Santo Amaro
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Sobrinho mata tia com 24 golpes de faca de cozinha

Resultado de incentivo para fábrica de cerveja sai na quarta (24)
TRÊS LAGOAS

Incentivo fiscal para fábrica de cerveja sai na quarta (24)

Mais Lidas