Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

RECURSOS PARA ENERGIA

Governo não tem definição, diz Mantega

18 FEV 14 - 15h:26AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje (18) que o governo ainda não decidiu se colocará mais recursos do Tesouro para cobrir o aumento do custo de geração de energia com o uso de termelétricas. Segundo ele, o governo espera entender melhor a atual situação do nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, que tem se mantido baixo, aumentando o uso de térmicas, mais caras e poluentes.

“Ainda não temos definições porque não sabemos ainda qual o quadro que vai permanecer, se vai chover ou não, se vai melhorar ou não. Se vamos ou não colocar recursos e se vai ser repassado para as tarifas ainda não está definido e não há razão para que seja definido agora, será definido tão logo a situação fique mais clara”, disse, durante balanço dos três anos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). Ele lembrou que o governo já destinou R$ 9 bilhões do Tesouro para o aumento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), disponíveis para 2014.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deverá decidir sobre possíveis aumentos na tarifa de energia durante o processo de revisão tarifária de cada distribuidora. “No momento próprio, a Aneel fará os estudos e decidirá se haverá aumento e em que dimensão. Cada distribuidora terá a sua revisão tarifária, chegará a uma média no final do ano. Umas com revisão para mais; outras, para menos, dependendo das circunstâncias locais”, explicou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

DEFICIT

Diferença entre importações e exportações fica em US$ 552 milhões

Balança comercial registrou déficit na segunda semana do mês
PETROBRAS ANALISA REVISÃO

Preço do petróleo no Brasil não irá aumentar no curto prazo

Felipe Neto sofre ameaças e tira a mãe do Brasil
APÓS BIENAL

Felipe Neto sofre ameaças e tira a mãe do Brasil

SAQUE IMEDIATO

Caixa credita quase R$ 5 bilhões para pagamento do FGTS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião