Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MARANHÃO

Governo faz licitação para comprar 80 kg de lagosta

8 JAN 14 - 16h:15g1

Mais de R$ 1 milhão em alimentos deverão abastecer as casas oficiais da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB-MA), pelo período de um ano, de acordo com os pregões nº 070/2013 e nº 071/2013, que preveem a contratação de empresa especializada no fornecimento de gêneros alimentícios perecíveis e não-perecíveis, respectivamente. Os documentos estão disponíveis no site da Comissão Central Permanente de Licitação do governo do Estado. A denúncia foi publicada nesta quarta-feira (8) pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

Os pedidos foram feitos em meio ao caos do sistema penitenciário do estado. Na lista de alimentos perecíveis, que totaliza R$ 617.514,61, chamam atenção os pedidos de 500 kg de galinha caipira fresca (R$ 13.665,00); 850 kg de filé-mignon limpo (R$ 29.180,50); quase duas toneladas e meia de camarão, entre os tipos fresco grande e médio e seco torrado e graúdo (R$ 102.045,00); além de 180 kg de salmão fresco e defumado (R$ 9.760,00) e 80 kg de lagosta fresca (R$ R$ 6.373,60).

Entre os alimentos não-perecíveis, que totalizam R$ 504.205,90, constam 1.500 vidros de azeite de oliva espanhol e português (R$ 30.715,00); 100 kg de castanha de caju (R$ 5.238,00); 80 kg de castanha do pará e castanha portuguesa (R$ 5.267,50); 60 vidros de geleia francesa de morango, pêssego e cassis (R$ 648,00), além de 1.200 fardos de ração para peixes (R$ 108.600,00). Somente de bebidas, entre refrigerantes e água mineral, serão 15.200 unidades (R$ 69.100,00).

Segundo o item 5.1 dos editais, "os gêneros alimentícios ofertados devem ser de primeira qualidade e de marca conhecida nacionalmente". O Pregão n° 070/2013 tem abertura marcada para as 14h30 desta quinta-feira (9) e Pregão n° 071/2013, para o mesmo horário, na sexta-feira (10).

As encomendas devem ser entregues no Palácio dos Leões (sede do governo), no Palácio Henrique de La Rocque (Casa Civil) e na residência de veraneio da governadora, na Ponta do Farol, em São Luís.

O G1 entrou em contato com a assessoria do governo do estado, por telefone, no início da manhã desta quarta-feira (8). A assessoria ficou de encaminhar nota com posicionamento sobre o assunto, mas até as 13h (horário local) não houve retorno.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com temperaturas perto de 40ºC, umidade do ar despenca em MS
ALTAS TEMPERATURAS

Marcando quase 40ºC, umidade despenca em MS

'Avenida Brasil' será reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo'
NOVELA

'Avenida Brasil' será reprisada no 'Vale a Pena Ver de Novo'

Desaparecido desde sexta, homem é encontrado morto em rio
PONTA PORÃ

Desaparecido desde sexta, homem é encontrado morto em rio

Preço da gasolina volta a subir <br>após duas semanas em queda
APONTA ANP

Preço da gasolina volta a subir
após duas semanas em queda

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião