sábado, 21 de julho de 2018

SAÚDE

Governo facilitará registro de comida saudável

5 FEV 2011Por Cirilo Júnior - FOLHA DE S.PAULO20h:00

O governo quer estabelecer metas para reduzir níveis de açúcares e gorduras nos alimentos. Para estimular a indústria, vai facilitar o registro de alimentos saudáveis.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, informou ontem que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) dará prioridade ao registro de produtos que se enquadrem nessa categoria.
Padilha disse que vem se reunindo com representantes das indústrias de bebidas e alimentos para iniciar campanhas que estimulem hábitos alimentares saudáveis dos brasileiros.
A ideia é que o movimento seja iniciado em abril, mês em que é comemorado o Dia Mundial da Saúde -dia 7.
"Além da campanha, queremos estabelecer metas muito claras, em parceria, de redução dos níveis de sódio, de açúcares, de calorias, dentro dos produtos alimentícios", afirmou.

CÂNCER
O ministro esteve no Inca (Instituto Nacional de Câncer) ontem, Dia Mundial de Combate ao Câncer.
O Brasil registra, a cada ano, 500 mil novos casos de câncer, segundo dados do instituto. Entre as doenças crônicas, o câncer é a segunda causa de morte, atrás das doenças cardiovasculares.
O ministro comentou que o governo vem negociando com a indústria farmacêutica para reduzir o custo de medicamentos voltados para o tratamento da doença.
"Conseguimos redução de 42% a 51% nos custos de remédios para tratamento de algumas leucemias. Essa economia permitiu expandir o tratamento para mais pessoas", observou.

MAMOGRAFIA
Outra medida que vem sendo preparada é a criação de um programa nacional para avaliação da qualidade dos exames de mamografia.
Já existe um programa de qualidade semelhante em relação à coleta de material do colo do útero. Esses dois tipos de câncer são os que mais atingem as mulheres
Cálculo do UICC (sigla, em inglês, da União Internacional de Controle do Câncer) mostra que o câncer demandou gastos de US$ 1 trilhão à economia global em mortes prematura e invalidez.
Essa conta não considera os custos médicos.

Leia Também