Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Governo estava preparado para enfrentar chuva, diz ministra Gleisi

27 DEZ 13 - 23h:00terra

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, afirmou nesta sexta-feira que o governo federal estava preparado para dar resposta à chuva forte do Espírito Santo e de Minas Gerais, que já deixou 41 mortos. O governo considerou rápida a mobilização das Forças Armadas e dos primeiros socorros para atender a população atingida.

"Sim, o governo estava preparado. Desde o ano passado temos um programa integrado com os nossos ministérios, com os Estados e municípios para fazer essas respostas. Tanto que o governo conseguiu mobilizar num curto espaço de tempo as Forças Armadas, a Força Nacional do SUS. Conseguimos liberar recursos para emergência no Espírito Santo, levar os primeiros socorros. Isso tudo facilitou para que chegássemos à população", disse a ministra no Palácio do Planalto.

Gleisi apresentou, em um café da manhã com jornalistas, um mapa de 538 municípios suscetíveis a desastres que são monitorados pelo governo, a maioria no Sul e no Sudeste. A meta é chegar a 821 cidades monitoradas até o fim de 2014.

A ministra ressaltou, no entanto, que é impossível controlar situações naturais, devendo ser prioridade a retirada da população que vive em áreas de risco. "A gente não tem como evitar chuvas, vendavais e não controlamos isso. É uma situação com a qual nós temos de conviver. Assim como o Japão e outros países, você não evita tsunami. O que nós temos de procurar é fazer com que a população que está morando em regiões que possa ser atingida, melhorar a estrutura dessas regiões ou tirar as pessoas dessas regiões", disse.

Nesta semana, a presidente Dilma Rousseff reduziu a burocracia da transferência de recursos a locais atingidos pela chuva com a edição de uma medida provisória. Com a medida, municípios atingidos não precisam elaborar projetos detalhados em casos de emergência. "Não precisa apresentar previamente um projeto detalhado, apresenta um programa detalhado, nós liberamos o recurso e o município tem condições de fazer esse projeto e prestar contas durante a execução", explicou Gleisi.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai terão candidatura unificada para Copa
2030

Países terão candidatura unificada para Copa

Frango assado caprese é fácil de fazer e fica uma delícia
JANTAR

Frango assado caprese é fácil de fazer e fica uma delícia

OAB vai entrar com ação para impedir obra da Sanesul às margens de rio
AUDIÊNCIA PÚBLICA

OAB vai entrar com ação para impedir obra da Sanesul às margens de rio

Juiz da infância de Dourados é promovido a desembargador do TJMS
PROMOÇÃO

Juiz da infância de Dourados é promovido a desembargador

Mais Lidas