Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 11 de dezembro de 2018

NAÇÕES INDÍGENAS

Governo entrega hoje revitalização do Parque

23 MAI 2011Por da redação12h:58

Durante a solenidade de assinatura da ordem de início das obras do Aquário do Pantanal, que acontece hoje (23), às 18h, o governador André Puccinelli entrega à população de Campo Grande a revitalização do Parque das Nações Indígenas.

Durante oito meses, o governo do Estado investiu na revitalização do Parque, com a reforma da ciclovia, reforma dos quiosques e da iluminação interna do Parque. O estudo de eficiência energética que sugeriu as modificações realizadas foi desenvolvido pela Secretaria de Obras do Estado (Seop). O trabalho foi feito com aproveitamento dos postes já existentes.

O projeto de revitalização do Parque das Nações Indígenas, que incluiu também pintura e conserto da grade que cerca do Parque, a instalação de duas novas portarias, recapeamento da via e reforma dos seis quiosques, recebeu investimentos do governo do Estado no valor de R$ 3,3 milhões sendo R$ 1,2 milhão destinado ao projeto de iluminação.

A antiga rede compreendia 186 postes com dez lâmpadas de 250 watts, que ofereciam pouca claridade. Os postes ao longo da via pavimentada foram mantidos, mas as luminárias foram trocadas por outras que utilizam quatro lâmpadas de mesma potência e proporcionam maior luminosidade. Com as substituições o consumo de energia foi reduzido em 52%.

Ao redor do lago foram instalados 30 refletores de 400 watts cada na cor verde. A escultura do cavalo com guerreiro indígena, situada em uma das extremidades do lago, é iluminada por seis refletores amarelos de mesma potência e vapor metálico, o que dá maior brilho e luminescência.

A instalação do posto da PM foi estratégica para o policiamento do parque por ocupar uma área de grande extensão e para o atendimento dos bairros vizinhos. O policiamento é 24h.

Foram reformados todos os portais de acesso ao Parque e construídos outros dois. Um novo Portal está localizado às margens do lago, entre a Avenida Afonso Pena e a Via Park. Este acesso é destinado, principalmente, a idosos e a pessoas portadoras de deficiência, pois facilita a chegada ao lago.

Destaque também para o novo Portal que integra o Parque das Nações Indígenas e o Parque do Prosa. De acordo com o gerente de Unidades de Conservação do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, Leonardo Tostes, o Parque do Prosa será reformado para reiniciar as visitações. “Será reformado o dek de acesso para reabrir as visitações ao Parque do Prosa. A empresa já foi licitada e está em fase de contratação. Serão reformados também os quiosques e o centro de visitações do Parque” afirmou Leonardo.

As pistas de caminhada do Parque das Nações receberam nova pavimentação asfáltica, para conforto da população. Também fez parte do conjunto de reformas, a pavimentação asfáltica do acesso ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS).

O Parque das Nações possui 119 hectares. Preserva parte da vegetação então existente, formada por árvores frutíferas e ornamentais, e de mata ciliar ao longo do córrego Prosa, que corta a extensão do complexo. Aproximadamente 70% da vegetação são formados por cobertura em grama e árvores plantadas recentemente, dentre elas destacam-se jatobá, aroeira, ipê, angico, figueira, guatambu, manduvi, cedro, entre outras nativas.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também