Campo Grande - MS, sábado, 18 de agosto de 2018

índigenas

Governo entrega 385 cestas nas aldeias

19 ABR 2011Por DA REDAÇÃO10h:15

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), realiza nesta terça-feira (19) a entrega de cestas básicas aos indígenas do município de Juti, Rochedo e Porto Murtinho. Serão 385 cestas distribuídas nas aldeias Taquara, Jarará, Córrego de Ouro, Alves de Barros, Campina e Bálsamo.

O Programa de Segurança Alimentar representa investimento de R$ 987 mil. Por ano, são 11,8 milhões da receita estadual reservados para aquisição de 180 mil cestas. O governo do Estado cumpre à risca o Programa de Segurança Alimentar Indígena, em que distribui mensalmente 15 mil cestas básicas. A distribuição de cestas é um dos programas de transferência de renda do governo do Estado, assim como o Vale-Renda, que beneficia famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A composição da cesta básica foi feita de forma a garantir a qualidade nutricional. Os indígenas recebem arroz, feijão, sal refinado, macarrão, leite em pó, óleo, açúcar, fubá, farinha de mandioca e charque. Somente de arroz, são garantidos dez quilos mensais por família, totalizando 27,3 quilos de alimentos.

Com a distribuição dos alimentos e a implantação de outros programas nas áreas de educação, habitação e agricultura, o governo do Estado pretende minimizar a desnutrição infantil nas aldeias e prover as necessidades básicas da população indígena, dando condições de trabalho e subsistência para as famílias.

Este é único programa de Segurança Alimentar Indígena do Brasil mantido integralmente com recurso estadual e o único a fornecer carne entre os itens da cesta básica. As aldeias beneficiadas estão localizadas nos municípios de Aquidauana, Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Bonito, Bodoquena, Miranda, Rochedo, Brasilândia, Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti, Tacuru, Paranhos, Japorã, Sete Quedas, Eldorado, Maracaju, Bela Vista, Antônio João, Ponta Porã, Coronel Sapucaia, Aral Moreira, Amambai, Juti, Laguna Carapã, Caarapó, Naviraí, Douradina, Corumbá e Dourados.

Leia Também