Segunda, 18 de Dezembro de 2017

Governo avalia novo empréstimo para estádio de Curitiba

5 FEV 2014Por folhapress14h:15

O governo federal e o do Paraná avaliam a possibilidade de realizar novo empréstimo para a Arena da Baixada, em Curitiba, o estádio mais atrasado para a Copa. A arena, que pertence ao Atlético-PR, é particular.

A obra já recebeu R$ 131 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e outros R$ 95 milhões do governo do Paraná. A Prefeitura de Curitiba também deve fazer aportes de até R$ 120 milhões em títulos de potencial construtivo, que podem ser usados como garantia ou para gastos na reforma.

Nesta semana, uma reunião entre o BNDES e representantes do governo do Estado deve discutir o assunto. O valor do novo aporte ainda não está definido.

O Atlético-PR não usou todo o estoque disponível para financiamento de estádios no BNDES. Cada estádio da Copa poderia emprestar até R$ 400 milhões; a Arena só pegou R$ 131 milhões.

Ameaça
A demora no andamento das obras na arena provocou um "ultimato" da Fifa à cidade no mês passado. O estádio, que está 90% concluído, não ficaria pronto a tempo da Copa no ritmo de então. O Atlético-PR se queixou de falta de dinheiro e atraso na liberação dos empréstimos.

A Fifa mandou criar um comitê de acompanhamento da reforma e pediu medidas para acelerar as obras, como a contratação de mais operários e novas frentes de trabalho.

Por causa dessas alterações, o custo da Arena foi reestimado para R$ 330 milhões, ou quase 80% a mais que o previsto inicialmente. O último orçamento, de duas semanas atrás, era de R$ 319 milhões.

Apesar do aumento de custos e da ameaça da Fifa, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, demonstrou otimismo hoje, em visita à cidade.

"As expectativas são as melhores possíveis", declarou. "Houve uma evolução no gramado, no número de trabalhadores, nos equipamentos, no uso de matéria-prima. Isso nos oferece a segurança de que as coisas evoluíram."

A Fifa deve anunciar se Curitiba permanece ou não como subsede da Copa até o dia 18 de fevereiro, quando acontecerá um seminário com todas as seleções participantes do evento em Florianópolis. 

Leia Também