Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

NÉCTAR

Governo aumenta para 50% limite mínimo de suco de laranja

29 AGO 2012Por g100h:00

As bebidas vendidas no país como néctar de laranja terão que oferecer, no mínimo, 50% de suco de laranja. Instrução normativa assinada pelo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e publicada nesta terça-feira (28) no Diário Oficial da União (DOU), eleva para 50% a quantidade mínima do suco de da fruta neste tipo de produto. Segundo o ministério, o limite mínimo era atualmente de 30%.

O governo fixou o prazo de 180 dias para as indústrias se adaptarem a nova regra e para a adequação do produto vendido no varejo.

Embora a instrução tenha sido publicada em um momento em que o governo discute um pacote de ajuda para o setor, que passa por um crise em razão do excesso de oferta de laranja, o Ministério da Agricultura informou, a princípio, que a medida tem um caráter "estritamente técnico" e visa estabelecer diferenciações mais adequadas para os diversas tipos de bebidas que são comercializadas.

No início da tarde desta terça, o ministério explicou, no entanto, que a mudança pode ajudar a diminuir os estoques de suco de laranja.

De acordo com a pasta, a medida representa, no entanto, uma ajuda "ínfima" ao permitir que o setor distribua 10 mil toneladas a mais do produto por ano no mercado interno.

"Apesar de o mercado nacional absorver apenas 10% da produção total de suco, a medida já pode beneficiar o setor mudando a formulação do produto vendido aqui”, afirmou, em nota, o o secretário-executivo do ministério, José Carlos Vaz.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também