Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 18 de janeiro de 2019

Código florestal

Governo aceita proposta de Rebelo sobre reserva legal

11 MAI 2011Por Agência Brasil13h:24

O líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), afirmou há pouco, após reunião no Palácio do Planalto, que o governo aceitou a proposta do relator do projeto de reforma do Código Florestal, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), de dispensar todas as propriedade com até quatro módulos fiscais de recompor reserva legal. Essa era a última divergência que impedia a votação do projeto.
 

Até a manhã de hoje (11), o governo ainda tentava convencer o relator a mudar o texto para permitir que apenas os produtores da agricultura familiar e os cooperados com até quatro módulos fiscais ficassem isentos da recomposição, mas não teve sucesso. Superado o impasse, Teixeira acredita que a votação ocorra durante a tarde, assim que houver quórum no plenário.
 

“O acordo entre o Palácio [do Planalto] e o Aldo [Rebelo] chegou a um percentual muito alto. O governo tem ressalvas, mas não vai conduzir a votação para uma disputada”, disse o líder petista à Agência Brasil.

Segundo ele, a votação ocorrerá de forma consensual e de forma simbólica, já que estão superadas todas as divergências. Ontem (10), o líder do governo na Casa, Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que o acordo estava próximo, pois o relator havia deixado claro no texto que apenas as pequenas propriedades com até quatro módulos fiscais estariam isentas de recompor reserva legal, desmatadas até 2008.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também