Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

na prisão

Governador do Distrito Federal visitou Dirceu

2 MAR 14 - 00h:00G1

O ex-ministro José Dirceu, condenado no julgamento do mensalão e que cumpre pena de 7 anos e 11 meses de prisão no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, recebeu no último dia 20 a visita do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT).

De acordo com a assessoria do governador, naquele dia, ele decidiu fazer uma "visita de inspeção" às instalações da Papuda, depois de inaugurar a Unidade de Internação Socioeducativa de São Sebastião, destinada a menores infratores.

"Durante a visita, [Agnelo] encontrou-se com o ex-ministro e ex-deputado federal José Dirceu. Eles trataram de assuntos pessoais e o ex-ministro manifestou sua expectativa em relação ao julgamento de recurso junto ao Supremo Tribunal Federal", diz texto de nota da assessoria.
Na quinta-feira, ao julgar recursos de oito condenados no julgamento do mensalão do PT, entre os quais Dirceu, o plenário do Supremo absolveu os réus do crime de formação de quadrilha, pelo qual tinham sido condenados no julgamento principal do processo, em 2012.

Se o recurso fosse rejeitado, Dirceu migraria para o regime fechado. Com a decisão, permanecerá no semiaberto, que permite ao preso trabalhar durante o dia e voltar à noite para dormir na prisão.

Segundo a assessoria do governo do Distrito Federal, a visita de Agnelo Queiroz à Papuda no dia 20 foi a segunda desde que os petistas condenados no julgamento do mensalão foram levados para o presídio. Na primeira, ele esteve no local para visitar o ex-deputado José Genoino, que estava com problemas de saúde.

Defensor público
A Vara de Execuções Penais do Distrito Federal apura se houve irregularidade em um encontro, fora dos dias regulares de visita do presídio da Papuda, entre um defensor público e José Dirceu.

A visita ocorreu no dia 6 de janeiro, uma segunda-feira, sendo que os dias de visitação aos detentos são quarta e quinta. Em situações comuns, fora do dia de visita, o condenado pode receber somente seus advogados.

A Defensoria Pública da União informou que o defensor federal Heverton Gisclan Neves da Silva visitou José Dirceu em um "ato voluntário e pessoal" do defensor público, para desenvolvimento de "pesquisa acadêmica própria". Segundo o órgão, Silva realiza pesquisas sobre o processo do mensalão do PT.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Homem é morto a tiros ao chegar na casa da namorada
PONTA PORÃ

Homem é morto com 16 tiros na fronteira

MUNDO

Manifestantes em mais de 150 países defendem meio ambiente

MUDANÇAS

Sancionada MP que permite que bancos abram aos sábados

Professores também podem lecionar no domingo
Deputado é criticado por <br> fazer copia e cola de lei federal
PROTEÇÃO DE DADOS

Deputado é criticado por
fazer copia e cola de lei federal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião